Não quero mais a autoestrada

Era a terceira carta que eu recebia. Estava na caixa do correio, juntamente com a conta da luz, o extrato do banco e a indefetível publicidade do canalizador-electricista-técnico-de-gás, homem de múltiplos talentos e que, se for preciso, também assa um churrasco. Abri-a já sabendo o que era. As duas anteriores tinham-me alertado que havia uma […]






Sardinhas ao vento

Pela primeira vez, este ano reparei no dia exato em que começou a ventania. Foi numa sexta-feira. Acordei de madrugada com a cacofonia que a brisa enfurecida desperta no meu prédio. No apartamento de cima, os vidros queriam saltar dos caixilhos. No do lado, uma porta batia sem parar – pá, pá, pá, pá… – […]






Guarda-chuva inquebrável

“Este é o último guarda-chuva que você vai comprar”, disse-me o vendedor. E antes que eu me convencesse de que estava próximo do dia do juízo final, veio a explicação: “É um guarda-chuva para a vida toda”. Não tendo nascido ontem, suspeitei. Há uma lei intrínseca às relações comerciais segundo a qual a eloquência no […]






A química da frigideira

Alternativas não faltam. Uma curta caminhada pelo corredor das panelas, pratos e talheres de qualquer hipermercado revela uma profusa abundância de itens. Mas nenhum, em nenhuma das missões exploratórias que fiz, correspondia àquilo que eu ambicionava: uma frigideira de ferro.