Visitantes do Jardim Botânico da UC seguiram os trilhos do projecto

Os lugares disponíveis na Sala do Jardim Botânico foram insuficientes para acomodar o público que na passada sexta-feira, dia 18 de Maio, participou na sessão sobre No trilho dos naturalistas | as missões botânicas em África. Entre a assistência encontravam-se investigadores do Centro de Ecologia Funcional, entidade responsável pelo projecto, alunos de doutoramento em Biologia […]






jardim botânico – as estufas

Numa semana em que o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra vai estar em foco como um dos locais em todo o mundo a assinalar o DIA INTERNACIONAL DO FASCÍNIO DAS PLANTAS, recordamos mais um pouco da sua história. Entre 1814 e 1821 foram realizadas as obras estruturais mais importantes de toda a história do […]






da quina e de S. Tomé

O clima tropical da ilha de São Tomé permitiu o cultivo de muitas espécies de importância médica, comercial e industrial, tais como o café e o cacau. De grande influência foi a introdução da quina (espécies do género Cinchona), em finais do século XIX. Encontrada pelos espanhóis na transição do século XVI para o XVII […]






ainda sobre o pau-esteira

A visão desta pequena planta não nos remete imediatamente para a imagem de Pandanus thomensis em São Tomé, que partilhámos num post anterior. Ainda no viveiro do Jardim Botânico (bem identificado pelo monograma no vaso), este exemplar de pau-esteira dificilmente atingirá o porte ou a profusão de raízes de suporte das árvores na fotografia mas, […]






jardim botânico – o início

O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra é parte indissociável da história, dos naturalistas e das plantas que serão objecto dos documentários. A ele voltaremos aqui várias vezes. Hoje falamos da sua génese. Criado aquando da Reforma Pombalina de 1772, de acordo com os Estatutos da Universidade: 1.º Ainda que no gabinete de Historia natural […]