Nunca desistir de procurar

Quem não teve já a sensação de ter perdido algo? Sem saber exactamente o quê, de repente apercebe-se de que lhe falta qualquer coisa essencial. E o mais acertado é partir à sua procura. Enfrentando desconforto, obstáculos, tempestades, mistérios, desconhecidos, medos e tudo o mais. Foi exactamente isso que fez o pequeno Mi nesta sua […]






A alegria de fazer de conta

“Hoje acordei a fazer de conta que estava a dormir. A mãe chegou ao quarto, e eu a fazer de conta que não a senti chegar.” Qualquer criança (ou adulto) se revê nesta descrição. E noutras que se seguem ao longo da narrativa, em que a protagonista se imagina num castelo, “transforma” o seu cão […]






De umas coisas nascem outras (sabiam?)

Uma dupla poética de autores que consegue sempre criar obras que nos surpreendem, acalmam e reconciliam com o universo. Ele, João Pedro Mésseder, pela forma preciosa como escolhe cada palavra; ela, Rachel Caiano, pelo modo como representa o silêncio e nos dá a paz de que necessitamos. Depois de O Pequeno Livro das Coisas (2012) […]






Transformar a tristeza em algo maior

Uma deusa triste, um deus sábio e muita água. Salgada e doce. “Dizem os mais-velhos que a chuva nasceu das lágrimas de Ombela, uma deusa que estava triste”, escreve o autor angolano Ondjaki. É bonito de ler e de acreditar. Mas também de ver. Como o permitem as ilustrações de Rachel Caiano, que tão bem […]






Poesia vence Prémio Bissaya Barreto

A quarta edição do Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância distinguiu um livro de poesia para crianças. Pequeno Livro das Coisas foi escrito por João Pedro Mésseder, ilustrado por Rachel Caiano e editado pela Caminho em 2012. “O poeta oferece uma obra que desafia o jovem leitor/ouvinte para a contemplação do mundo e […]






Prémios SPA-RTP para literatura infanto-juvenil

Na segunda-feira, 25 de Fevereiro, ficou a saber-se qual o livro infanto-juvenil eleito para melhor do ano (de entre os originais de autores portugueses editados em 2012). Uma escolha da Sociedade Portuguesa de Autores e da RTP. Sendo um prémio para autores, Catarina Sobral (que assina o texto e a ilustração de Achimpa, Orfeu Negro) foi a […]