Fernando Pessoa em mais um Livro para Escutar

Afinal o Caracol: um livro que é um espectáculo. Em sentido literal e no outro. A actriz Cristina Paiva, da Andante Associação Artística, leu-nos o poema Havia um menino e disse ao PÚBLICO que Fernando Pessoa pode ser dado a conhecer aos bebés e fazê-los rir. E assim aumentámos a nossa galeria de Livros para Escutar do […]






Em Setúbal, a ilustração é uma festa

A terceira edição da Festa de Ilustração de Setúbal — É Preciso Fazer Um Desenho? decorre até dia de 2 Julho. António Jorge Gonçalves ocupa a Casa da Cultura e Manuel Ribeiro de Pavia, a Galeria do 11. Mas há mais espaços ilustrados na cidade.  (Artigo divulgado no Público.) Desde o início do mês de […]






Mi anda à procura do que não sabe se perdeu

O pequeno Mi deu-se conta de que perdera algo e foi procurar — sem saber muito bem o quê. Sandro William Junqueira conta-nos A Grande Viagem do Pequeno Mi e junta a sua voz à nossa galeria de Livros para Escutar. Quem não teve já a sensação de ter perdido algo? Sem saber exactamente o quê, […]






Um livro-roteiro sobre Lisboa

Eu Li Ali! foi imaginado e criado por uma jovem de 20 anos e é sobretudo por isso que o trazemos aqui — para motivar outros jovens a escrever e a desenhar. É um livro-roteiro. À entrada, convida-se o leitor a entrar numa viagem por Lisboa e pelas palavras de autores portugueses: “Psiu! Pega neste […]






Mais um Livro para Escutar (aqui há gato…)

Rui Lopes e Renata Bueno foram ao estúdio do PÚBLICO ler para nós o livro Aqui Há Gato!. O registo foi feito por Frederico Batista. (E ficou muito giro.) Obrigada a todos. Para conhecer outros trabalhos da ilustradora brasileira que escolheu viver em Portugal, este é o caminho.






Um rei chato e uma revolução

Havia um rei muito chato. Fazia sempre tudo da mesma maneira. “Convém avisar que um rei pode ser lei. (É só trocar o R pelo L.)”, escreve-se logo no início. Segue-se a descrição de algumas rotinas de el-rei Dom Chato. “Calçava sempre a bota direita antes de calçar a esquerda. Penteava-se sempre à mesma hora, […]






“Quebrar a cabeça” no Dia Mundial do Livro

(Hoje, 23 de Abril, é Dia Mundial do Livro.) Como o nome anuncia, este livro é um quebra-cabeças. Também será o que nós quisermos, basta aceitarmos o desafio do autor e desatarmos a pintar pequenas caixas de cartão ou de papel (caixas de fósforos, de pastas dentífricas, de lâmpadas, de medicamentos, de tisanas, etc, etc). […]






António Mota está nos Livros para Escutar

Ninguém deixa a Inês vestir-se de azul, mas ela quer ir bonita à festa do Ricardo. É mais um Livro para Escutar do Letra Pequena, contado pelo autor, António Mota. (Também pode ser escutado e visto no site do Público.) O conto que deu título ao livro Histórias às Cores foi lido no estúdio do […]






Dia do Pai: mimar os pais com livros

Foto: Getty Images Os pais que mimam também merecem ser mimados. Um pai a amparar ao colo um filho e um livro é um belo quadro. Se o livro falar sobre a relação entre ambos, fica perfeito. Seis títulos para o Dia do Pai: três recentes, três não. Ler mais no espaço Família e Relações […]






Está a começar a parceria com a Rádio Miúdos

     Letra Pequena está na Rádio Miúdos para (também ali) divulgar livros para crianças e jovens. Uns são de escritores e ilustradores portugueses, outros não. Gostamos de ler e dar a ler e acreditamos que há um livro certo para ti. Juntos vamos encontrá-lo. A parceria começa nesta quinta-feira, dia 22 de Dezembro.






Letra Pequena está na Rádio Miúdos

A partir de 22 de Dezembro vamos partilhar as nossas leituras com os ouvintes da Rádio Miúdos. Começamos com alguns títulos do painel Livros para Escutar, mas não ficaremos por aí. Letra Pequena está muito contente por assim poder chegar a ainda mais crianças e jovens falantes de português espalhados por várias geografias deste nosso mundo. Sintonizem-se…






Um rapaz de Lisboa (em 1910)

Joaquim José é o jovem protagonista deste livro. Tem 14 anos e é lisboeta, mas não tem telemóvel. Isto porque tudo se passa em 1910, ano da implantação da República Portuguesa. Entre um pai republicano, uma mãe monárquica e uma avó que diz que “isto só pode ser o fim do mundo”, o rapaz tenta […]






Invenções que nos facilitam a vida (quase sempre)

Já muito se inventou desde que o mundo é mundo e os humanos por cá andam. Neste livro dão-se a conhecer invenções de objectos, serviços e até alimentos com que nos habituámos a viver. As invenções estão organizadas em saúde, passatempos, vestuário, escola, alimentação, comunicação e transportes. Um exemplo: os óculos. “No século XXI, é […]






Em papel… (Festa da Ilustração de Setúbal)

Na edição em papel (de que muitos leitores estão a prescindir…), foi assim que demos conta da segunda edição de É Preciso Fazer Um Desenho? A Festa da Ilustração de Setúbal que enche a cidade de imagens durante o mês de Junho (e até 3 de Julho). A arte saiu à rua num dia assim. Se sabe […]