Um conto feliz da tradição judaica

José ganhou uma manta assim que nasceu. Feita à mão pelo avô, que era alfaiate, a coberta vai acompanhá-lo por muito tempo. O autor português da adaptação de A Manta do José, Miguel Gouveia, encontrou uma versão deste texto há cerca de dez anos, no livro Joseph Had a Little Overcoat, de Simms Taback. “Esse texto usa […]






Virginia Woolf para menores

O conto A Cortina da Senhora Lugton foi encontrado entre as páginas do manuscrito do romance Mrs. Dalloway, de Virginia Woolf. Data de 1924, mas não se nota. A senhora Lugton adormeceu com um tecido azul sobre os joelhos. “Estava a ressonar muito alto. Deixou cair a cabeça; os óculos haviam-lhe subido para a testa. Estava sentada perto do […]






A magia do riso (e da amizade)

Rir é bom, fazer rir também. Filipe ria que se fartava, Luís não. Isso não os impediu de se tornarem bons amigos. O título do livro causa estranheza, atrapalha a dicção e provoca logo um sorriso: Síul, Epilif e o Grande Zigomático. Descodificando, Síul é “Luís” ao contrário, Epilif é “Filipe” de trás para diante, Zigomático é o músculo principal responsável pelo […]






Os abraços imaginários de André Ruivo

O ilustrador não precisou de uma pandemia para valorizar e desenhar abraços. Continua a fazê-lo. Lançado inicialmente em Dezembro de 2018, em Lisboa, Abraços teve uma apresentação posterior em Junho de 2019, na Festa da Ilustração de Setúbal. Foi nesta última que demos conta deste livro de André Ruivo, que reúne uma série de manifestações de afecto, consolo, […]






À procura de poetas

Encontrar a poesia e o poético não significa encontrar poetas. Nana ainda não sabe isso. Nana descobre a poesia e o amor. Por esta ordem. Nascida numa ilha, escolheu ter esse nome depois de a avó partir para sempre. (“Nana” significa “cantiga para adormecer”.)  “Agora que já não estás, em nana me transformarei. Nana da […]






Era uma vez… uma história

A mãe começa a contar uma história ao filho, que embala no colo. As perguntas da criança acabarão por definir o rumo das personagens e o desfecho da narrativa. “Era uma vez um ursinho que foi pescar…”, diz a mãe, ao iniciar uma história. É o filho que lhe dará um nome, um chapéu, um […]






Aprender a esperar e a contemplar

Um livro sobre a paciência e a impaciência. Para Miyuki é urgente que uma pequena flor do seu jardim, ainda em botão, se abra e floresça. No primeiro dia de Primavera, a pequena Miyuki acordou de madrugada, percorreu descalça as áleas do jardim e foi ter com o avô, apressada: “— Levanta-te Avô, levanta-te! O dia despertou […]






O mar que se escuta nos búzios

Quem nunca encostou um búzio ao ouvido para ouvir o mar? Em Sopros do Mar Antigo, um velho conta a origem desse eco misterioso. Uma história escrita há mais de 30 anos, quando a autora, Emília Ferreira, andava pelos 20 e poucos. Nela se relata poeticamente a relação entre as marés e a Lua e se […]






Destravar a(s) língua(s) no Dia da Europa

Para assinalar o Dia da Europa, que hoje se comemora (dia 9 de Maio), recuperamos um Livro para escutar que muito nos divertiu a realizar, com vários colegas da redacção do PÚBLICO. Foi em 2008 que ficámos a conhecer este livro. Trava-Línguas, Trabalenguas, Virelangues, Tonguetwisters, Scioglingua é (escreve-se na contracapa) “um livro para quem gosta de… trocar […]






O lobo não é mau como se diz

“Todos querem saber/ Da fama do lobo.// Ninguém quer saber/ Da fome do lobo”, pode ler-se na página 10. Antes, um poema, feito de perguntas e respostas, interpela-nos sem cerimónia: “O homem não brinca? O lobo brinca!/ O homem não ensina os filhos? O lobo ensina os filhotes!/ O homem não protege a família?/ O […]






Guia para interpretar frases dos adultos

Além do extenso título do livro, ainda se acrescenta a informação de que se trata de Um pequeno guia para a sua interpretação. E é disso mesmo que se trata. O que o autor propõe é que se ajude os mais novos a decifrar frases repetidamente proferidas pelos adultos, como “talvez, vamos ver” ou “não […]






Quando o vento sopra de feição…

… nascem livros assim. Um rapaz com um nome original, Clarabóia, vivia num momento e lugar em que o vento carcomia “o juízo às pessoas”. Cansado de assistir às discussões familiares e ao desassossego na rua e na escola, parte à procura da terra dos ventos (e de si próprio). O desafio de serenar a […]






O desconserto e a euforia do amor

  Resumo na contracapa: “Metade deste livro fala de amor e a outra metade também. A meia voz, a meia luz, sem meias palavras nem meios termos, um menino faz a sua primeira declaração de amor.” Para se perguntar depois: “Quem nunca esteve apaixonado? Quem nunca acordou meio estremunhado, a meio de uma frase, e […]






P de Porquê é um programa-podcast da Rádio Miúdos e do PÚBLICO

A Rádio Miúdos é agora (ainda mais) parceira do PÚBLICO. P de Porquê lança podcasts com notícias descodificadas para os mais novos (e explicadas por eles mesmos). Informação mais completa aqui. Foi assim que tudo começou… em Dezembro de 2016. O ponto de partida foi uma reportagem que fizemos com Vera Moutinho. Estamos muito contentes.






Truz-truz, quem é?

Já toda a gente disse, escutou e brincou com a expressão “truz-truz, quem é?” Neste livro, cria-se uma espécie de lengalenga em rima, que vai repetindo a pergunta e dando a conhecer quem bate à porta de uma casa. Tanto pode ser “uma menina pequenina que tem uma meia rota no pé”, como “a gata […]