Competir ou colaborar?

Gato-Malhado_CAPA

Histórias de cães e gatos é o que não falta por aí. Ora amigos, ora inimigos, ora as duas coisas em momentos diferentes. Mas o que será que acontece quando um pinguim aparece entre ambos? Aliam-se? Competem?

Malhado é o gato, Patudo é o cão. Ambos escutaram um grande estrondo durante a noite, “alguma coisa tinha caído ali, mesmo no meio do jardim da D. Alzira. Apesar de não conseguir ver tão bem no breu da noite, sentia na ponta dos seus bigodesque ali havia gato”.

O cão farejou logo um odor que não tinha nada que ver “com as coisas que já tinha cheirado”. Mas o que o aborrecia era imaginar que o Malhado iria desvendar o enigma antes dele. “Isso sim, arreliava-o, maçava-o, deixava-o furioso, até um pouco fora de si.”

fn criancas H  01FEV

Embora quase tudo se passe no quintal da D. Alzira — que adorava jardinagem, “gabava-se a todas as suas amigas da beleza das suas begónias, petúnias, estrelícias…” —, o leitor também ficará a conhecer a D. Celeste e a D. Perpétua. Nomes curiosos e antigos…

O Gato Malhado é um livro sobre conflitos, mas também sobre cooperação e entendimento, mesmo nas diferenças. Um dos títulos mais conhecidos de Clara Cunha, O Cuquedo (ilustrado por Paulo Galindro), já vendeu 40 mil exemplares.

Teresa Cortez confere, eficazmente, uma aura de mistério, mas algumas ilustrações não resultam lá muito bem, seja pela escala ou pela profusão de elementos. Em 2011, a ilustradora foi seleccionada para a Exposição da Feira do Livro de Bolonha e, também nesse ano, recebeu o prémio Melhor Curtíssima Portuguesa no Festival de Animação de Lisboa — Monstra.

O Gato Malhado
Texto: Clara Cunha
Ilustração: Teresa Cortez
Edição: Livros Horizonte
48 págs., 13,90€

Pág.CriançasGatoMalhadoImagem

A página completa saiu assim (paginada por Sandra Silva), com destaque de Agenda para o Dia Mundial da Leitura em Voz Alta. Para saberem mais, venham por aqui. Vão gostar.

2 comentários a Competir ou colaborar?

  1. Olá! Há já alguns anos que sigo a “Letra Pequena” (não tantos quantos ela existe, infelizmente!) e tem sido sempre uma boa descoberta. Parabéns por todo o trabalho maravilhoso que faz à volta dos livros para a infância.
    Até agora não tinha tido a coragem de lhe escrever mas tomei a ousadia de o fazer hoje. Isto porque, desde 2016 que tenho um projeto de livros para a infância com a ilustradora Cristina Arvana e juntas fizemos uma edição de autor do livro “Grãozinho de Areia”. Como nos entusiasmámos e correu tão bem, fizemos uma segunda edição e um segundo livro, mais pequenino, o “Caiu de mansinho. Andando, andando…fomos desafiadas pela Joana Barrelas para produzir e ajudar à divulgação do livro “Uma Casa”, em 2019. Neste momento, temos este último livro “Uma Casa” à venda em algumas livrarias de referência deste género literário. Hoje, o que nos traz até si, é um pedido de ajuda na divulgação deste último livro, “Uma Casa”, através do “Letra Pequena”.
    Dado o momento que vivemos, julgamos que faz todo sentido, quer o título, quer a narrativa.
    Mas, para que possa conhecer um pouco melhor este projeto, convido-a a espreitar o nosso instagram/ facebook, onde pode encontrar diversas imagens e textos relacionados com o nosso projeto, que muito tem crescido e de que tanto nos orgulhamos.

    https://www.facebook.com/fazedorasdehistorias/
    https://www.instagram.com/fazedoras_de_historias/

    Somos as “Fazedoras de Histórias”. O nosso percurso tem sido uma aprendizagem e gostamos de o partilhar com todos que, como nós, tem amor às letras e aos livros que , dizem, ser para pequenos! :)

    Obrigada pela atenção

    Responder
    • Obrigada, Joana Maurício, pelas palavras simpáticas. Vou espreitar… o seu/vosso projecto.
      Agradeço ser nossa leitora e desejo-lhe a continuação de bom trabalho.
      Rita Pimenta

      Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>