Imagine-se um mundo sem mapas…

CapaMontes

… é uma das propostas deste Atlas das Viagens e dos Exploradores.

Um atlas de capa vistosa que tem um longo e esclarecedor subtítulo: “As viagens de monges, naturalistas e outros viajantes de todos os tempos e lugares”. E é mesmo isso que vamos encontrar lá dentro.

Na contracapa, explica-se: “Há poucos séculos, não conhecíamos os limites do planeta e muitas áreas do mundo continuavam isoladas, sem ligação umas com as outras. Desconhecíamos não apenas as terras e as espécies que existiam noutras regiões, mas também as outras pessoas e as suas culturas. Para sabermos o que era o mundo, tivemos de nos fazer ao caminho: de burro, de camelo, de barco ou a pé, saímos de casa rumo ao desconhecido e regressámos com as novidades espantosas de outros lugares. As viagens de monges, botânicos, comerciantes, marinheiros ou artistas deram contributos importantes para conhecermos melhor o planeta e sabermos da existência uns dos outros. Estes viajantes — de todos os tempos e lugares — são as personagens principais deste livro, onde não faltam mapas e muitas, muitas aventuras.”

À entrada, propõe-se ao leitor um desafio: “Ainda conseguimos imaginar um mundo sem mapas?” “E um mundo sem os outros?” Seguem-se mais, obrigando-nos a sair do lugar e assim compreendermos melhor a nossa identidade e a crescermos na relação com os outros.

MapaAtlas0

Depois, pomo-nos a caminho por um livro cheio de histórias e geografias curiosas e inesperadas, tudo num ambiente ora colorido, ora a preto e branco.

Há alertas importantes e interessantes, como “os exploradores mais famosos podem não ter sido os primeiros a chegar” ou a reflexão sobre a palavra certa: “descoberta” ou “exploração”?

Não será um livro de fácil leitura para algumas crianças, mas para isso é que os adultos (também) servem. Juntos irão certamente fazer grandes descobertas. E nunca mais olharão para o GPS da mesma maneira. Nem para o mundo.

Atlas das Viagens e dos Exploradores
Texto: Isabel Minhós Martins
Ilustração: Bernardo P. Carvalho
Edição: Planeta Tangerina
140 págs., 24,90€

Atlas26Maio

Aqui fica a página Crianças divulgada na edição do Público de 26 de Maio de 2018. (Paginação de Sandra Silva.)

2 comentários a Imagine-se um mundo sem mapas…

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>