Fernando Pessoa em mais um Livro para Escutar

Afinal o Caracol: um livro que é um espectáculo. Em sentido literal e no outro. A actriz Cristina Paiva, da Andante Associação Artística, leu-nos o poema Havia um menino e disse ao PÚBLICO que Fernando Pessoa pode ser dado a conhecer aos bebés e fazê-los rir. E assim aumentámos a nossa galeria de Livros para Escutar do Letra Pequena.

Ter 25 bebés à nossa frente a rir ao mesmo tempo é maravilhoso”, conta Cristina Paiva. E acrescenta divertida: “É uma espécie de droga. Dá para o dia todo.” A actuação, destinada a crianças dos seis meses aos três anos (e noutra adaptação dos três aos cinco), inclui mais dois poemas de Pessoa, dura 25 minutos e tem percorrido creches, bibliotecas e vários espaços culturais em todo o país.

Fernando Ladeira, sonoplasta da companhia, explica: “O livro que aqui lemos só foi editado no ano passado, mas o espectáculo já foi lançado há cinco anos.

Para as actuações, criou-se uma obra, exemplar único, com peças e elementos que se retiram e transformam (execução de Armando Chainho). No final, todas as crianças querem ver o seu rosto emoldurado numa das últimas páginas, que é destacável. A música que os bebés escutam durante o espectáculo tem a assinatura de Joaquim Coelho.

Capa_Afinal_O_Caracol_web

Brincar com as palavras

As ilustrações (de ambos os livros) são de Mafalda Milhões e a edição comercializável d’O Bichinho de Conto. Há ainda um CD com o poema musicado e cantado.

Assim se faz a divulgação da Andante: “A história de um caracol, das cócegas que ele fazia, de como ele virava e girava, e de como acabou por não cair. Brincamos com as palavras. São o nosso brinquedo favorito. Brincamos com a música das palavras, com a leveza das palavras, com o tamanho das palavras, com a pressa e a lentidão das palavras e também… com o silêncio.”

O poema começa assim: “Havia um menino/ que tinha um chapéu/ para pôr na cabeça/ por causa do sol.// Em vez de um gatinho/ tinha um caracol (…)”. O resto é para escutar (e ver) no vídeo (ou ao vivo).

Também pode ser visto aqui.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>