Baltasar regressou a casa

CapaLivroPág.Crianças23Abril (39)

Quando o talentoso violinista Baltasar conheceu a liberdade, partiu rumo a casa, embora de início não o soubesse. Falamos de um urso que foi libertado do circo onde, por ser considerado o melhor intérprete do mundo naquele instrumento, era tratado como Baltasar, o Grande!Disse adeus aos velhos amigos, visitou novos lugares. E fez novos amigos também.” Tudo isto nos vai sendo dito, página a página, ao mesmo tempo que nos são mostradas paisagens ora exuberantes ora inóspitas, de dia ou de noite.

O músico lá vai seguindo o seu caminho. “Certos dias, Baltasar tinha sorte e tudo corria bem. Noutros dias, sentia-se muito sozinho e perdido.” É o que sempre acontece quando alguém se faz à estrada. Quando a viagem lhe parecia interminável, esteve prestes a desistir, mas encontrou quem o fizesse mudar de ideias. Um livro sobre partidas, buscas, regressos e reencontros, mas também sobre o uso que cada um pode fazer da liberdade, se tiver a sorte de a ter conquistado. Há ainda um alerta subliminar para o respeito de se deixar os animais viverem livremente nos seus habitats.

Kirsten Sims é designer, ilustradora e vive na Cidade do Cabo (África do Sul), o que ajuda a explicar o tipo de paisagens que reproduz em Baltasar, o Grande. Neste livro, a sua estreia em ilustração para a infância, usa aguarela, guache e tinta-da-china. Resultou.

Baltasar, o Grande
Texto e ilustração: Kirsten Sims
Tradução: Carla Oliveira
Edição: Orfeu Negro
40 págs., 13,50€

(Texto divulgado na edição do Público de 23 de Abril, na página Crianças.)

Para conhecerem outros trabalhos da autora, venham até à Cidade do Cabo.

os putos 2304-page-001

Aqui está a página completa. Outras sugestões de actividades para os próximos dias no Guia do Lazer.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>