Natal, afectos e matemática

CapaLivro26Dez

O Natal foi ontem, mas, como continuamos nas Festas, escolhemos um livro que fala no ambiente feliz que se espera nestes dias. A história é esta: André está constipado e tem de ficar em casa. Misteriosamente, cinco pais natais de chocolate aparecem na mesa da sala de jantar, e a família mobiliza-se para os apetrechar com renas, sacos, trenós e, claro, presentes! Primeiro a avó: “Ó André, então como é? Cinco Pais Natais bochechudos e barrigudos e nenhum trenó?”

Depois, a tia Filomena: “— Ó André, então como é? Cinco Pais Natais bochechudos e barrigudos e nenhum trenó, cinco trenós nem arredondados, nem bicudos e nenhuma rena?” Mais familiares foram compondo os “barrigudos”, transformados em “brinquedos de chocolate”.

Aos amigos estão destinadas outras indicações para que o ambiente natalício fique completo: “Ó André, então como é? Uma árvore de Natal toda aprumada, muito bem iluminada e nem ao menos tem no cimo uma estrela dourada?”

Com ritmo, imaginação e um belo uso das palavras, Manuela Castro Neves cria uma história em que mistura afectos, tradição e matemática. Maria Bouza faz uma ligação feliz com o texto. Feliz também ficou um peru que conseguiu escapar da mesa da Consoada. Têm de conhecer estes pais natais para descobrirem tudo o mais…

Cinco Pais Natais e tudo o mais
Texto: Manuela Castro Neves
Ilustração: Maria Bouza
Edição: Máquina de Voar
48 págs., 11,95€

(Texto divulgado na edição do Público de 26 de Dezembro, página Crianças.)

2 comentários a Natal, afectos e matemática

  1. Olá Rita Pimenta, gostei imenso do seu olhar sobre os CINCO PAIS NATAIS.
    Acho que, com a sua leitura, ficaram mesmo a valer mais..

    Muito obrigada, um abraço e votos de um 2016 cheio de boas energias e ótimos desafios.
    manuela
    .

    Responder

Responder a manuela castro neves Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>