Haverá quem não goste de cerejas?

CapaLivroPág.Crianças11Abril

Esta é a história de uma cereja. Um dos frutos de que praticamente toda a gente gosta e que se associa à infância e à proximidade do Verão (no hemisfério Norte). A cereja desta história “crescera forte, rechonchuda e saudável”, mas “o seu mundo fora bastante limitado, embora romântico”. Só que isso foi antes de se transformar em nódoa persistente no vestido preferido de Maria, uma menina sôfrega que tinha facilidade em lambuzar a roupa que trazia. Ainda bem. Porque assim se salvou a alma e o coração da cereja, que pôde então conhecer mais mundo.

A protagonista deste livro foi colhida e depois mergulhada junto com outras: num “grande tacho com açúcar e outros ingredientes que ela desconhecia, mexeram-na, remexeram-na e voltaram a mexer”. No final, ali estava feita em tarte, mas sobreviveu. “Afinal, não são só os gatos que têm sete vidas”, concluiu, toda contente, a cereja.

Isabel Zambujal, autora da colecção Um Saltinho a…, criou uma história ternurenta, divertida e com algum suspense, que teria resultado melhor se não soubéssemos logo de início que a cereja se salvava e transformava em Senhora Nódoa. Muito felizes as ilustrações de Sebastião Peixoto. Apetece ter um vestido com o padrão do da Maria. Com nódoa e tudo.

Dias Felizes de Uma Nódoa Teimosa
Texto: Isabel Zambujal
Ilustração: Sebastião Peixoto
Edição:Oficina do Livro
36 págs., 11,90€

(Texto divulgado no Público de 11 de Abril, página Crianças.)

Pode ver outros trabalhos do ilustrador numa fotogaleria do P3 ou visitar o seu perfil no Facebook

MioloCereja

Foi de lá que surripiámos… esta imagem (Letra pequena quer um vestido igual ao da Maria, mas XL…)

CerejaMiolo2

Já esta foi subtraída… do perfil de Facebook de Isabel Zambujal

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>