No interior, também se pensa, escreve e lê…

caste

… como é óbvio. Mas ainda assim gostamos de confirmar (e, sobretudo, de divulgar) que assim é. Por isso, esqueçam lá o litoral e vão até Castelo Branco, ao 2.º Festival Literário da cidade. Ou, pelo menos, espreitem aqui. Esta edição tem por lema “escrever é um acto de rebeldia”. Falámos com o comissário do encontro, José Pires, e com a escritora Margarida Fonseca Santos.

2 comentários a No interior, também se pensa, escreve e lê…

Responder a Prazeres Sousa Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>