Enciclopédia Larousse para maiores de… três anos

CapaLivroPág.Crianças 25Jan

Com a indiscutível qualidade da chancela Larousse, esta “pequena grande enciclopédia” pode ser explorada por crianças ainda bem jovens, logo a partir dos quatro anos. Isto porque os textos são curtos e simples e usam uma linguagem comum entre os adultos e as crianças, como um “dói-dói” ou um “galo na cabeça”, para dar dois exemplos do tema Corpo Humano, o primeiro do livro. A esse, seguem-se os capítulos A Casa e a Cidade, A História, A Natureza, Os Animais, A Terra e o Mundo e, por fim, o Universo.

A cada tema corresponde um autor, mas há uniformidade no discurso. Também as imagens foram atribuídas a ilustradores diferentes, embora com registos algo parecidos entre eles, com desenhos legíveis, coloridos e bem-humorados. Gostámos particularmente do trabalho de Jocelyn Millet sobre a cidade e também do de Nina Cania, a quem coube desenhar animais.

Em certas páginas, surgem em rodapé alguns passatempos decorrentes dos temas descritos anteriormente. Não são perguntas, mas pequenas brincadeiras, actividades lúdicas, enigmas por desvendar ou sugestões de observação. De formigas, por exemplo. Também se sugere que se cante uma canção que associa uma cor a cada dia, “é o arco-íris da semana”. Porque hoje é sábado, impera o vermelho.

A Minha Pequena Grande Enciclopédia
Texto e ilustrações: vários
Tradução: Carlos Grifo Babo
Edição: Editorial Presença
136 págs., 16,50€

(Texto divulgado na edição de 25 de Janeiro do Público, página Crianças.)

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>