Mães à distância: orgulho, tristeza e preocupação

Dia da Mãe

Para estudar ou trabalhar, cada vez são em maior número os jovens que saem de Portugal. Provisória ou definitivamente. As mães ficam por cá e continuam a apoiá-los, ainda que à distância. Hoje é Dia da Mãe.

Qatar, Angola, Reino Unido, Alemanha, Holanda e República Checa foram os países de destino dos filhos. O PÚBLICO falou com seis mães que têm os filhos longe. Uma delas, Maria de Jesus Rodrigues, apanhou um grande susto na semana que passou. É a mãe de uma das estudantes portuguesas feridas na explosão de um edifício universitário em Praga.

Se quiser continuar a ler, siga-nos até ao Público.

Ilustração de Bárbara Fonseca (que está trabalhar em Berlim…)

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>