Quando eu for grande…

 ... vou conseguir ser invisível. Uma das frases do livro que escolhemos para a página Crianças do Público de hoje.

Quando Eu For… Grande
Texto Maria Inês Almeida
Ilustração Sebastião Peixoto
Edição Planeta Júnior
48 págs., 13,95 euros

Quando se é pequeno sonha-se muito com as inúmeras coisas que se poderão fazer quando se for grande. “Então é que vai ser! Posso fazer tudo o que quiser”, talvez seja a expressão de um pensamento de muitos de nós enquanto crescíamos. Neste livro, enumeram-se algumas das possibilidades imaginadas pelas crianças, umas mais poéticas, outras menos, mas todas sem limites: “Descobrir onde está a porta da praia”, “passear sozinho no jardim”, “comer todas as pastilhas elásticas”, “conseguir voar quando fechar os olhos” ou “oferecer-te a maior flor do mundo”. As ilustrações de Sebastião Peixoto representam bem os desejos revelados, explorando o lado onírico numas e um mais objectivo noutras. Olhando para a capa, apetece logo voar. Boa ideia a de desenhar uma pequena árvore nas guardas iniciais do livro e que surgirá “crescida” nas guardas finais, já com frutos e mudanças na paisagem. O livro termina com um desejo importante (mas onde, é pena, falta um “de”): “Quando eu for grande… não quero esquecer-me [de] que fui criança.” Maria Inês Almeida diz ter-se inspirado no seu filho José, de três anos. Bela fonte. Ou seja, grande.

(Conheça outros trabalhos do ilustrador nesta morada.)

O destaque de Helena Melo para a mesma página foi O Lago dos Cisnes

O célebre bailado de Tchaikovsky sobe aos palcos nacionais pela mão do Ballet do Teatro Nacional Russo de Moscovo, numa versão coreografada pelo bailarino Alexei Fadeechev. O Lago dos Cisnes é a história da jovem rainha Odette, que é vítima de um feitiço por parte do terrível bruxo Von Rothbart, que a converte em cisne e unicamente lhe permite adoptar a forma humana durante a noite. O feitiço só acabará quando um homem lhe jurar amor eterno. Mas quando Sigfrido se apaixona por Odette, o malvado bruxo coloca-lhes uma série de obstáculos para impedir o seu amor… Maiores de 4.
Lisboa Teatro Tivoli (Avenida da Liberdade, 182 a 188). Tel.: 213572025/707234234; hoje às 21h30. Amanhã às 18h. Bilhetes de 32 a 45 euros.
Aveiro Teatro Aveirense (R. de Belém Pará). Tel.: 234379800; dia 13 de Janeiro às 21h30. Bilhetes de 25 a 35 euros

Um comentário a Quando eu for grande…

  1. Sou fã de Jose Jorge Letria, tenho vários deste autor.E se eu fosse um livro era bem mais feliz do que sou como ser humano. Por isso sou “viciada em livros, melhor, em bons livros”.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>