Para quem tem saudades de África

 

Aqui ficam as nossas escolhas de livros para a página Crianças do Público de hoje.

 
Hugo e Eu e as Mangas de Marte
Texto Richard Zimler
Ilustração Bernardo Carvalho
Edição Caminho
44 págs., 12 euros
 
Uma história de amizade e reencontro com o passado, que Richard Zimler dedica aos seus amigos de Moçambique e aos retornados. Zezé e o avô têm uma relação muito especial. “Depois de me dar a Henriqueta quando eu fiz cinco anos, o Vovô disse que eu tinha de lhe dar um abracinho muito apertado e um beijo de cada lado da cara, que era para pagar o presente dele com um presente de igual valor.” Henriqueta era uma girafa de madeira que o avô tinha construído para o rapaz. Mas o avô acabará por morrer e o miúdo irá descobrir “no velho baú” um brinquedo (o Hugo) que pertencera a um seu amigo de infância. Esse amigo do avô teve de rumar a Lisboa em 1975 e não voltaria a ter coragem para regressar a Moçambique. Mas isso foi antes de receber notícias do Zezé. Não se pode falar de um final feliz, mas de uma reconciliação com a vida e com a morte. O registo africano das ilustrações de Bernardo Carvalho consegue pôr o leitor a sentir-seao sol. E com vontade de colher uma manga.
 
 

Joquinha na Cidade de Miau
Texto Anne Caroline Soares
Ilustração Ricardo Jorge Ladeira
Edição Papiro Editora
24 págs., 10 euros

Defender os direitos dos animais, alertar para a discriminação face aos deficientes e provar que a união faz a força parecem ser as intenções de Anne Caroline Soares ao escrever este livro. Com muitas intenções e demasiado explícitas, corre-se o risco de afastar alguns jovens leitores. Mas vamos à história: o Joquinha maltrata o seu gato Faísca, a mãe põe o rapaz de castigo e o gato tudo fará para que ele aprenda uma lição. E consegue. Já tinha apresentado queixa na Associação dos Direitos dos Gatos e falado com o seu presidente, o bichano Manda-Chuva. Este, pela idade avançada, deixou de poder andar. Todos os gatos contribuíram com as suas economias e compraram uma cadeira de rodas, que “até tinha um guarda-chuva”. O Manda-Chuva ficou feliz e pôde dar um passeio, empurrado por todos os gatos, que iam cantando: “Somos gatos! Somos amigos! E somos unidos!” A autora tem 33 anos e ficou tetraplégica aos 24.

Se quiser conhecer melhor Anne Soaressiga-nos.

A sugestão de destaque de Helena Melo na mesma página foi para O Mundo dos Dinossauros 

 
Uma exposição com figuras à escala real de dinossauros temíveis como o Velociraptors, o Oviraptor ou o T-Rex, ou outros mais simpáticos como o Braquiossauro, que reagem com movimento e som à presença dos visitantes. Por entre cenários de floresta, bosques e desertos, O Mundo dos Dinossauros dá a conhecer os habitats em que viviam estes animais há milhares de anos. A visita inicia-se num estúdio de cinema, onde passa um pequeno vídeo sobre a vida e a extinção dos dinossauros. A Galeria de Fósseis e o Espaço Criança (onde se podem descobrir as ossadas de alguns exemplares) completam a exposição. Mais informações: http://omundodosdinossauros.com.
 
Lisboa Cordoaria Nacional (Av. da Índia). Tel.: 214217205; 6ªe sáb. das 10h às 22h. Dom. e feriados das 10h às 20h. 2ª a 5ª das 10h às 18h. Até 1 de Janeiro de 2012 (encerra dia 25 de Dezembro). Bilhetes a 4 e 6 euros(16 para bilhetes família). Gratuito para menores de 3

Mais sugestões aqui.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>