O tamanho da nossa altura

“Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver no Universo…
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura…”

Alberto Caeiro em O Guardador de Rebanhos

Uma história sobre dois adultos distraídos e uma criança atenta. José Maria só queria saber o tamanho da sua altura. “Olha, vai perguntar ao teu pai, ele é que sabe.” Não sabia. “Bom, um metro e pouco, mais coisa menos coisa (…) Olha, vai perguntar à tua mãe.” Suzana Ramos mostra com sensibilidade o que se passa na cabeça de um rapaz que encontra na avó (e no gato) a atenção que os pais não conseguem (ou não sabem) dispensar-lhe. Uma avó que “passava a vida a ver filmes a preto e branco e a tricotar com as cores do arco-íris”. Tomava comprimidos para a tensão e José Maria chegou a pensar se haveria comprimidos para a atenção… O livro ganhou o prémio literário Maria Rosa Colaço 2007. O José Maria entretanto cresceu e nesta altura já descobriu, através de um poeta “que era uma Pessoa com o direito de ter esse nome”, que é do tamanho do que vê e não do tamanho da sua altura.

O Tamanho da Minha Altura (entre outras coisas)
Autor Suzana Ramos
Ilustrador Marta Neto
Editor Assírio & Alvim
52 págs.,13 euros

(E o leitor, quanto mede?)

“O Sol faz de guia na viagem sem mapa nem bússola, mas com versos, que neste livro se relata.” É assim que o livro se apresenta. E apetece mesmo viajar com ele. Os poemas de Raul Malaquias Marques são criativos jogos de palavras e de ideias. Neles se fala de pessoas, animais, frutos e flores. A abrir, há um girassol sorridente. “— O girassol gira só para o lado em que está sol / porque as sombras, brrrr, as sombras o deixam murcho, de trombas? — Nunca tal ouvi dizer. Ao sol, à sombra, a chover/ sob trovão ou granizo sempre lhe vi cara de riso.” Pelo meio da viagem, há “uma grande confusão de cabaz”, em que se confunde manga com abacate, diospiro com tomate, chouriço assado com morcela e também caju com beringela. Trata-se do texto O que é o quê? A riqueza de imagens que as palavras suscitam são bem exploradas por Yara Kono, que tanto escolhe ilustrar um pormenor dos poemas, como desenhar o conjunto do ambiente descrito, acrescentando-lhe sempre novos sentidos. A isso se chama talento.

De Sol a Sonho
Autor Raul Malaquias Marques
Ilustrador Yara Kono
Editorial Caminho
40 págs., 10 euros

Letra pequena online importou para aqui os textos que saíram no sábado na página Crianças do Público. No próprio dia não nos foi possível dar aos leitores/visitantes acesso ao PDF. Agora já conseguimos. Venha.

Um comentário a O tamanho da nossa altura

Responder a Maria Almira Soares Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>