Falar sem travões

Trava-Línguas, Trabalenguas, Virelangues, Tonguetwisters, Scioglingua é (escreve-se na contracapa) “um livro para quem gosta de… trocar de língua… enrolar a língua… trincar a língua… deitar a língua de fora… ter várias línguas”. Tudo verdade.

Sem travões, o leitor que se aventurar a lê-lo em voz alta tropeçará nos “Pês”, irá engasgar-se nos “SSS’s”, nos “XXX’s”, nos “Lhes” e em todos os sons de que os trava-línguas são feitos. Uma festa.

Será difícil encontrar alguém que não se divirta a fazer este exercício. Para mais, havendo nesta edição textos em português, espanhol, francês, inglês e italiano. Com grau de dificuldade crescente à medida que o livro avança.
Que se prepare então o leitor para repetir muitas vezes os textos indicados como para Linguarudos (estão lá mais para o fim do livro). Ora experimente:

Trentatré trentini
entrarono a Trento
tutti trentatré troterellando

ou

How much would a wood chuck chuck
if a wood chuck could chuck wood?
A wood chuck could chuck
as much as a wood chuck
could chuck wood.

A recolha e selecção (inteligente) dos trava-línguas foi de Dulce de Souza Gonçalves.

Para a ilustração, o desafio foi outro. De uma ponta à outra, as imagens são construídas com letras, num alfabeto criado em carimbos especialmente para este livro. Madalena Matoso procurou assim “destacar o mundo sonoro trazido pelos trava-línguas aqui apresentados”. E conseguiu.

Ouça e veja o livro (editado pelo Planeta Tangerina) no vídeo que se segue. Se preferir, vá aqui ao lado à barra de Livros para Escutar e clique na imagem da capa. (Ou então siga-nos.)

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>