Por que estou aqui?


Coloquialmente, quando se discute algo, é comum ouvir-se: “Essa é a grande questão.” E o debate pode ser sobre as eleições norte-americanas, os rankings, a adopção ou a necessidade de lavar os dentes.

Neste livro, a grande questão é anterior a todas as outras (dir-se-ia primordial). “Por que estou aqui?”, pergunta a criança de braços abertos sobre a Terra. (Quem não se fez já esta pergunta?)

Consoante quem responde, assim obterá a criança uma resposta diferente. “Não faço ideia”, diz-lhe o pato; “Estás aqui para amar a vida”, explica-lhe a morte; “Para saberes, um dia, contar até três”, diz-lhe o número 3; “Porque a tua mãe e eu nos amamos”, respondem-lhe os pais.

A Grande Questão, que a Bruaá agora edita em Portugal, ganhou o Bologna Ragazzi Award em 2004. O seu autor, o alemão Wolf Erlbruch, recebeu o prémio Hans Christian Andersen em 2006.

Na revista Babar, escreveu-se: “Não deveriam dar mais prémios a Wolf Erlbruch porque é uma redundância desnecessária. Ele é uma das referências maiores da ilustração (…). Num mundo de crianças, estaria no Louvre, de certeza.”
Não se duvida.

Se ficou com vontade de saber mais e de folhear o livro, entre por aqui.

2 comentários a Por que estou aqui?

Responder a Naná Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>