Pico by the sea

Murakami propunha Kafka, mas aqui fala-se ainda e sempre do Pico. Talvez uma das melhores vistas da ilha-montanha, salvo aquela que vê espreitar o ponto mais alto de Portugal do cimo de um avião, é do mar. Onde antes se caçavam baleias, agora respeitam-se as ditas e os seus colegas de carteira, os golfinhos, enquanto […]






Pico-a-boo

Ora o Pico escondeu-se no sábado mas no domingo, já que a montanha não ia a Maomé, os maomés foram à montanha. Há várias teses e medidas sobre quanto tempo leva a subir – a pé – e a descer – a pé – o Pico. Uma média de cinco horas que ascende às sete ou às três […]






Ceci n’est pas un Pico

Seis horas e meia, umas boas de dezenas de quilómetros e muitas linhas de costa e muitas mais ainda de colinas, montes e vales, vimos todo o Pico. Todo? Não. Uma montanha que é o ponto mais alto de Portugal ainda resiste aos visitantes. E a vida não é nada fácil para os jornalistas que […]