O crooner, o fadista e o barão no frio de Curitiba

Há um crooner curitibano todas as sextas-feiras no Santa Marta Bar, com um fraquinho pelo Elvis e outro pelo Sinatra, espírito eclético que o leva a deambular por Prince ou Amy Winehouse e uma voz rouca e monocórdica abafada permanentemente pela banda: tem seguidoras fervorosas que gritam a cada nova música do alinhamento. Há um […]






A água grande e a água que faz barulho: a Foz do Iguaçu tem alma líquida

Viemos pela água, mas gostaríamos de ter ficado pela “água grande”, “iguaçu” na língua tupi-guarani. E toda essa já teria sido inesperada – não esperávamos apanhar com água de uma das 275 cascatas que compõem as Cataratas do Iguaçu. Contudo foi o que aconteceu, em modo repetição, no Macuco Safari e agora não o conceberíamos […]






24 horas no Rio de Janeiro

Parecia-nos um crime de lesa-majestade ir ao Rio de Janeiro e só ficar 24 horas. Mas pior era não ir. Então, 24 horas, depois de muitas horas de viagem. Hotel em Copacabana, frente ao posto 5, jantar com colegas de trabalho quase de regresso para Portugal em Ipanema – Quitéria, restaurante em soft-opening do hotel […]






Como sobreviver a um canibal, o Mundial de Futebol e o sonho americano

Clichés de viagem e viajantes: trocar histórias de guerra, prazeres culinários, paixões e irritações. E dizer que não interessa o destino, mas sim a viagem, parafraseando Ralph Waldo Emerson. Aqui, no meio da Bahia, rumo ao arquipélago de Tinharé, não se pode dizê-lo com tanta veemência. É que o destino é mesmo, mesmo bom. Mas […]






Ferry de sábado à noite

É uma festa. O barco chega e já somos muitos, dezenas, colados à grade, colados uns aos outros, colados de calor e humidade. É sábado à noite em Salvador da Bahia e Itaparica vai ser nossa. Mas antes de lá chegarmos, um ferry boat que mete carros, crianças, cães, café, malas, sacos, cervejas, violões e muitas […]






Uma cobra chamada Tapioca

“A velocidade que empolga é a mesma que mata”, avisa-nos a estrada rumo à Praia do Forte, um dos destinos mais procurados da região e um dos muitos cartões postais do Brasil. Chegámos à Bahia há menos de 48 horas e fizemo-nos à estrada à margem da qual tudo acontece: vende-se fruta, passa-se a via […]






O mesmo céu, mas outra terra

Chegar à Chapada de Veadeiros depois de quatro dias em Brasília causa uma sensação estranha. Em Brasília tudo é arquitectura, betão (aqui chamam-lhe “concreto” e mais concreto seria difícil), formalismo e ordem. Na chapada tudo é terra, cerrado, mata e um caos bom, nas ruas com nomes de frutos e nas casas pequenas e carregadas […]






JK, sempre JK

Muito se discute sobre a forma do monumento dedicado a Juscelino Kubitschek, junto ao museu da família, onde estão guardados os 3500 livros da sua biblioteca pessoal. Conhecidas as convicções comunistas do seu autor (Oscar Niemeyer) – as mesmas que não o impediram de continuar a trabalhar em Brasília, mesmo quando a ditadura militar no […]






Lúcio quê?

Onde quer que se entre em Brasília, seja no Palácio Itamaraty, sede do Ministério das Relações Exteriores, seja na Catedral, com os seus anjos suspensos que pesam toneladas, ou na Saraiva, a única livraria da cidade que não está fechada num centro comercial, só se vêem turistas brasileiros. Os que vêm de fora não ultrapassam […]






O melhor de duas tradições

O chef Duda Camargo tem mais de dez restaurantes em Brasília e todos eles com cardápios de onde é difícil escolher. Mas é bem provável que na maioria venham à mesa tradições gastronómicas diversas, como a destas entradas: o azeite com ervas é português, mas o coalho de queijo é brasileiro. É também provável que […]