Maria João Guimarães

Maria João Guimarães, 34 anos, jornalista de política internacional do Público, está em Nova Iorque com uma bolsa do American Club of Lisbon.

Broken bicycles

Uma coisa que sempre me fez alguma confusão em Nova Iorque é a quantidade de bicicletas abandonadas na rua, algumas sem rodas, outras inteiras mas completamente enferrujadas. Nesta viagem vi algumas transformadas, uma coberta de crochet ou outra pintada de branco, em que alguém colocou flores e escreveu no selim “Don’t forget me”. Mas mesmo […]






Gorjetas

Quanto deixar de gorjeta? Em que locais e situações se deve dar? E como? Estas são questões que provocam por vezes alguma confusão ou mesmo angústia a quem visita os Estados Unidos. Há, claro, algumas regras básicas e simples: nos serviços – restaurantes, táxis, estética – deve-se dar um mínimo de 15 por cento (caso […]






Na Wall Street ocupada

“Did you go down there?” tornou-se uma pergunta comum em Nova Iorque em referência ao protesto em Wall Street. “Vou lá amanhã”, diz uma rapariga num café, respondendo à amiga. “Falamos depois se não for presa”, despede-se, aludindo a uma vaga de detenções de há duas semanas. O que se vê quando se chega “down […]






E a comida alemã?

Em Berlim come-se vietnamita, turco, indiano, italiano, espanhol (há tantos restaurantes de tapas!)… Mas não alemão. Muitas pessoas dizem mal da “comida alemã” sem nunca terem experimentado nada para além de fast-food, e a cozinha alemã é muito mais do que chucrute ou currywurst. O primeiro restaurante alemão desta viagem foi o Café Marx, encontrado […]






Um café activista

O Café Morgenrot é especial por causa do seu conceito de pequeno-almoço: o buffet custaria normalmente cerca de 7 euros, mas pode-se pagar entre 5 e 9, conforme a situação financeira. A ideia é que quem ganhe mais pague mais, para quem ganhe menos pague menos (quando escrevi sobre o café para o Fugas, no […]