Em Eticoga, as palavras não servem para nada

Deixamos Bubaque para trás e embarcamos em direcção a Orango, outra ilha do arquipélago dos Bijagós que apontamos no currículo. Já passa das 17h. Tinham-nos avisado que a travessia marítima seria tão mais difícil quanto mais nos aproximássemos do final da tarde – e não nos enganaram. Grande parte da viagem é feita com água […]