Bucareste é um lugar estranho

Ainda antes de aterrar em Bucareste, o romeno que estava sentado ao meu lado no avião perguntou-me de onde era. Quando lhe respondi que era de Portugal, a sua intervenção foi imediata: “Oh, temos tanto em comum. Portugal e Roménia são muito parecidos, só estão é em pontas opostas da Europa”.

Hoje, entre entrevistas e concertos no Festival George Enescu, consegui passear por aqui e tirar as minhas próprios impressões. Não sei se realmente temos muito em comum mas é verdade que a sensação de diferença por vezes não é muito grande.

Por aqui, por exemplo, também se comem panados, tão bons como se fazem por Portugal. E digo isto porque foi esse o meu jantar de ontem, embora, deva confessar, os tenha pedido sem saber o que estava a pedir. “Olha, são panados”, reagi, com algum alívio, quando vi o prato. Também já percebi que são apreciadores de queijo. E ainda bem, porque eu também.

2013-09-02 11.13.28

Mas falando mais a sério e longe da gastronomia, a sensação com que fico do passeio por Bucareste é que é um lugar estranho. Não é uma cidade particularmente bonita e está longe de ser um grande centro activo mas tem lugares agradáveis e edifícios capazes de fazer inveja aos nossos.

A parte antiga da cidade, repleta de pubs, bares e restaurantes, dá-nos vontade de andar e descobrir cada beco mas é contrastante por exemplo com a avenida principal, a Calea Victoriei. Ao contrário, por exemplo, da nossa Avenida da Liberdade, esta não é uma zona muito comercial e o que salta à vista é a quantidade de lojas e edifícios fechados, alguns para venda, outros simplesmente ao abandono.

Esta não é a Europa de Lisboa, nem de Madrid, Londres ou Berlim. Mas também a história desta cidade não é a mesma. Bucareste procura reerguer-se depois de anos de opressão e isso leva o seu tempo.

Assim como leva tempo a minha descoberta por aqui. A bem de Bucareste devo dizer que tem algumas das salas de espectáculos mais espectaculares em que já vi um concerto, como a Sala Palatului e Ateneul Român. Este último, o Ateneu Romeno, merece um post exclusivo, prometido para breve.

Bucareste é um lugar estranho mas também há quem diga que o amor é um lugar estranho. E não é bom na mesma?

 

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>