Um táxi em Marselha. Ou como um taxista pode ser o melhor amigo de um viajante

DSC_4916

Encontrar um táxi em Marselha não é fácil. Ou pelo menos para nós não o foi. Rua acima, rua abaixo, o trânsito não pára. Mas, táxis nem vê-los. Nem cheios nem vazios. Até que, qual miragem, um branquíssimo XC60 surge no horizonte. E vazio.

DSC_4913São 15h42 e temos que chegar ao navio às 16h. Estamos a uns dez quilómetros da porta de embarque, o que, segundo nos disseram, levam uns 30 minutos a cumprir.

Explicamos a pressa e do lugar do condutor chega-nos um assertivo e confidente “então vou pôr-vos lá antes das 16h”. Não tarda que a conversa chegue ao Preziosa, até sermos surpreendidos pela revelação: “Fui empregado de bar num cruzeiro, mas mais pequeno”, conta-nos.

Sébastien, natural do centro da França, trabalhou para a Oceania Cruises entre 2003 e 2004, a bordo do Regatta e, mais tarde, do Insignia. “Era bom, mas depois vieram os filhos.”

DSC_4901Num dos períodos fora dos navios foi para Londres para aperfeiçoar o inglês (que fala de forma irrepreensível). Mas acabou por conhecer uma rapariga e virar a vida do avesso: “Ela é de Aix-en-Provence e foi preciso ir a Londres para a encontrar”, atira com um sorriso.

Juntaram-se, tiveram filhos e acabaram por ficar em Marselha. Pelo meio fala-se da situação económica da Europa, mas também de como os gauleses já não escolheriam François Hollande para Presidente (“foi eleito com 52% dos votos; agora, vejam as sondagens: anda nos 30%”).

Por Marselha, este ano Capital Europeia da Cultura, a crise não é ostentada. Mas Sébastien explica que, embora se continue a auferir um bom valor mensal, já não há bons ordenados. Nem razoáveis sequer. A incongruência é explicada, diz-nos, pelo facto de o número de empregos por pessoa ter vindo a multiplicar-se: durante o dia num sítio, à noite noutro, no fim-de-semana um biscate. “É o sistema da escravatura”, desabafa. E remata: “os franceses sentem-se solidários com Espanha, Grécia, Itália e Portugal”.

15h59: entregues mesmo diante da porta de embarque. O nosso taxista-empregado-de-bar-num-cruzeiro conseguiu o que nos parecia impossível. Pôr-nos a horas no navio e distrair-nos do nosso atraso. Depois dos sentidos agradecimentos e desejos de prosperidade trocados, melhor mesmo é correr.

DSC_4884 DSC_4900DSC_4888

PS: Não terá sido apenas impressão. Sébastien confirma que não é fácil dar com um táxi a andar de um lado para o outro. Um dos nossos companheiros de viagem acrescentaria mais tarde que, do que observou nas suas estadas em Marselha, nem sequer é habitual um táxi parar no meio da rua para receber passageiros. Talvez por isso, Sébastien tivesse começado a conversa por nos dar um cartão com um número de telefone para usar numa próxima visita. Publicidade à parte, é de anotar: +33491929292 (Les Taxis Marsellais).

___
Carla B. Ribeiro (texto) viaja no cru­zeiro pré-inaugural do Pre­zi­osa a con­vite da MSC.

5 comentários a Um táxi em Marselha. Ou como um taxista pode ser o melhor amigo de um viajante

  1. PEGO UM CRUZEIRO EM BARCELINA E PASSAREI POR MARSELHA, GOSTARIA DE SABER SE ESSE TAXISTA FALA PORTUGUÊS OU ESPANHOL.
    DESDE JÁ AGRADEÇO
    CÁSSIA SIBELE

    Responder
  2. olá irei fazer um cruzeiro MSC com saída em Marselha e procuro um hotel perto do porto ou central pois ainda vamos ficar um dia para conhecer melhor a cidade. obrigada! Sonia

    Responder
  3. Boa noite!
    Excelente blog!
    Tenho exatamente a mesma questão que escreveram acima:

    Vou apa­nhar um cru­zeiro da msc no porto de mar­se­lha em Agosto, e estou muito inde­cisa qual o hotel a esco­lher para a noite da ves­pera do embar­que.
    Gos­ta­ria de ficar no cen­tro para poder pas­sear um pouco a pé na ves­pera do embar­que, mas tam­bém que­ria ficar perto do porto de embar­que para evi­tar atra­sos!
    Sugere algum hotel/local onde seja melhor ficar com acesso facil e rapido de taxi ao porto de embarque?

    Muito obri­gada.

    Anabela

    Responder
  4. Boa tarde!
    Parabens pelo blog!
    Vou apanhar um cruzeiro da msc no porto de marselha, e estou muito indecisa qual o hotel a escolher para a noite da vespera do embarque.
    Gostaria de ficar no centro para poder passear um pouco a pé na vespera do embarque, mas também queria ficar perto do porto de embarque para evitar atrasos!
    Sugere algum hotel/local onde seja melhor ficar com acesso facil e rapido de taxi ao porto de embarque?

    Muito obrigada.

    Salomé Reis

    Responder

Responder a Anabela Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>