Povoação, uma terra “mal amada”

Pode ir-se às Furnas para ver a grandiosidade do Parque Terra Nostra e saborear o cozido. Ou andar alguns quilómetros mais para almoçar no restaurante Garajau, na Ribeira Quente, apreciando, antes e depois, a beleza esmagadora do caminho até lá.

Já é um pouco mais difícil dizer o que pode levar o viajante até à Povoação. É a sede do concelho com o mesmo nome, que integra aquelas duas localidades, uma pequena e sossegada vila que se “espreguiça” pelas sete lombas de uma geografia acidentada e intratável, singular na sua organização espacial.

Povoação fica na parte mais ocidental da ilha de S. Miguel, “castigada” pela sinuosidade dos acessos, mas notável pela imponência das costas escarpadas. A nova via rápida para Nordeste, pela costa Norte, não se estendeu até lá, e a via rápida pelo Sul também não, ficando-se por Vila Franca do Campo. Uma e outra, porém, ajudaram a encurtar distâncias em S. Miguel e a encorajar a visita. Da pequena praça central de Povoação acede-se em poucos passos até à beira-mar.

Num dia sereno e soalheiro, vale a pena passear por ali, entre mar e colinas.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>