“Leve leve”

O nosso guia é o Kuassa. É ele quem conduz o jipe e leva música para ouvirmos naquelas estradas verdes. “Leve leve” é uma expressão que gosta de ir repetindo e ri-se muito quando nós dizemos que o deus que criou São Tomé já morreu. Como tem estado sol, andamos a saltitar de areal em […]






Com a corrente nos pés

Antes de sairmos de casa, o Hernany, que é são-tomense, disse-me assim: “Esses pés hoje vão apanhar muita corrente”. Pensei que ele se referia à leve brisa nocturna que poderia entrar pelos pequenos buracos das minhas sabrinas e respondi-lhe: “Não faz mal, este fresquinho até me sabe bem”. Ele riu-se apenas, dando-me tempo para perceber […]






O cheiro verde de São Tomé

São 18h30 e já é noite cerrada. Cá em casa, toda a gente dorme ou descansa debaixo das redes mosquiteiras. Este calor, esta humidade – hoje choveu todo o dia – mói. Até a cadela, a São, dorme numa esteira na varanda, ao meu lado. Tento escrever este texto, mas estou praticamente às escuras cá […]






Camadas de Cairo

Há a vista da Cidadela (de onde se adivinham as pirâmides de Giza). Há a magnífica vista do Parque al-Azhar (também ele magnífico). Há a grande torre do Cairo que não cheguei a visitar. Há a vista da ponte Qasr el-Nil, a do minarete da mesquita al-Azhar. As minhas vistas preferidas desta cidade imensa não […]






A festa da Irmandade nas eleições

No primeiro dia das primeiras eleições pós-Hosni Mubarak, o Partido Justiça e Liberdade não descurou nenhum pormenor. Exactamente um ano antes, a 28 de Novembro de 2010, nas últimas legislativas antes do início da revolução egípcia, a Irmandade Muçulmana era “o partido proibido”. O movimento islamista já era a maior força da oposição no Parlamento […]