Rodrigo, o Don de Amarante

De passagem por Amarante, fica uma dica para bem comer num espaço sui generis: a “tasca” Don Rodrigo que, além de uma carta recheada de petiscos tradicionais, oferece uma decoração muito comunicativa.
A parede está repleta de mensagens deixadas pelos visitantes, o que cria um  jornal de parede único.

Para mais, sugerem-se sandes de presunto, chourição ou queijo, além de vários produtos da região. E, pela experiência, tudo a preços simpáticos. Como exemplo, diga-se que uma conta de três sandes de presunto, três copos de vinho, uma cebola em vinagre tinto e um pires de azeitonas ficou por 10,50€.

Quem estiver a passear pelo Douro e lhe apetecer um almoço leve ou petiscar deve, definitivamente, passar por esta tasca (fica na rua 31 de Janeiro, n.º 39).

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>