Nikki Beach, para acabar em beleza

Já estamos em ambiente de fim de festa. A roupa está ao monte dentro da mala, que já custa a fechar, e apetecia-nos tudo menos estas quatro horas de viagem de regresso a Miami.

A paisagem vai passando veloz pelas janelas do autocarro – e nós vamos deitando contas ao que foi esta correria pela Florida e arredores. Fizemos tanto em tão poucos dias que parece que já cá estamos há um mês. Com estes e outros balanços, nem damos conta das milhas que percorremos e eis-nos à porta do Nikki Beach, essa verdadeira instituição do glamour de Miami Beach.

A sala interior está meio na penumbra, porque o que verdadeiramente interessa está lá fora. Uma bela esplanada em tons de branco, feita de mobiliário de madeira e vime, com coqueiros a polvilhar o acesso à praia. Perfeito, perfeito, seria se pudéssemos comer tranquilamente esta “padella” (um parente da “paella” que, em vez de arroz, leva linguini), sem que tivéssemos de correr para haver tempo para o mergulho da despedida.

Não podemos ter tudo: temos Miami, temos Nikki Beach, temos uma caipirinha na mesa – e por isto tudo temos que correr para o mar, entre a entrada e o prato principal, que leva o seu tempo a preparar. Mergulhamos à pressa e queremos congelar este instante de água morna. Não dá: há um avião de regresso a Lisboa à nossa espera.

[Sandra Silva Costa e Nuno Ferreira Santos (fotos)]

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>