As orcas

Não tivemos coragem de ficar a ver navios e já estamos prontos a atracar em Cape Canaveral. As Bahamas ficaram para trás e pela frente temos mais um dia de corrida pelos parques temáticos de Orlando.

Chegamos ao Sea World debaixo de um calor tórrido – este é, definitivamente, o dia mais quente desde que chegamos à Florida, há uma semana. Não há protector solar que nos valha e na verdade só queríamos saltar para a água.

Não saltaremos, mas haverá quem se encarregue de nos refrescar. “One Ocean” é uma das mais recentes atracções do Sea World de Orlando: desde Abril passado, apresenta simpáticas orcas em acrobacias e danças sincronizadas que deixam qualquer um derretido. E molhado: ao sinal dos treinadores, abanam delicadamente a barbatana, transferindo litros e litros de água para os espectadores das primeiras filas do Shamu Stadium.

O espectáculo não dura sequer meia hora mas é absolutamente imperdível. Depois disto, não temos muito mais para ver no Sea World – chega a ser quase cruel que não nos entusiasmemos com os golfinhos.

[Sandra Silva Costa e Nuno Ferreira Santos (fotos)]

2 comentários a As orcas

  1. Não conhecia esta página “emviagem”. Descobrí-a hoje e estou encantada. A descrição desta viagem deixou-me ficar com água na boca. Obrigada!

    Responder
  2. Muito interessante a vossa viagem, acompanhada por uma cativante descrição Não sabia que a Royal Caribean tinha uma ilha privada, mas imaginava a ‘americanização’ das excursões. Pensei em fazer uma viagem similar – Miami, Bahamas e excurões – mas como fiz um cruzeiro há um ano – dias belíssimos, mas agitados a saltar de ilha em ilha na Grécia – prefiro este ano relaxar e ver as ondas e vir e ir (Oceano Índico, aí vamos nós!).
    Boa continuação.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>