De Miami, com clichés

Do aeroporto a Miami Beach são pouco mais de 20 minutos de carro – ou melhor, de limusina, que aqui é tudo em grande. Vinte-minutos-vinte, rodeados de clichés por todos os lados.

Há fiadas de palmeiras? Há. Há néons de todas as cores? Há. Há Rolls Royces, e Ferraris, e Maserattis, e tudo o mais que se lembrarem? Há. Há loiras esculturais e morenas “calientes”? Há. Há música e ritmo e uma humidade que se cola à pele? Há.

Nunca cá estivemos mas já vimos isto tudo. Lembram-se?, foi no Miami Vice ou no Dexter? Não, foi na vida real. O que faz falta é animar a malta: são sete da manhã, abro a janela do quarto de hotel no sétimo andar e de repente acordo para a vida. “I’m in Miami Beach.” [Sandra Silva Costa]

Um comentário a De Miami, com clichés

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>