Em Madrid, o vintage “privé” da rua Moratín

Subir a Calle de Moratín ao início da tarde, deixando para trás o Paseo del Prado deixa-nos bem dispostos. Em segundos estamos longe da rua barulhenta e das esplanadas para turistas e entramos num bairro com pracetas sossegadas, janelas abertas e muitas lojas para descobrir.

Se está em Madrid e gosta de mobiliário vintage esta rua vale bem a pena, em especial a Passage Privé, com as suas velhas portas grenás, cheia de bancos de jardim em ferro, cadeiras de baloiço do casal Eames e candeeiros de secretária de arquitecto dos anos 50, com uma “patine française”, diz-nos a vendedora. Não sabemos o que isso é, mas o candeeiro é bonito. Mais acima, outra montra tem cavalinhos de baloiço, remos de madeira e luvas de pele sobre um piano de criança.

Claro que nenhuma das anteriores rivaliza com o “chic” da loja Jessica Bataille, mas está ainda fechada.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>