Um vietnamita em Mitte

Há tan­tos res­tau­ran­tes viet­na­mi­tas em Ber­lim que é difí­cil esco­lher um. Os viet­na­mi­tas são a maior comu­ni­dade asiá­tica na Ale­ma­nha, algo que terá a ver com a liga­ção entre o regime comu­nista do país e a então Repú­blica Demo­crá­tica Alemã (RDA).
Mui­tos des­tes res­tau­ran­tes são “asiá­ti­cos” — viet­na­mita com sushi é um clás­sico em Ber­lim e não augura nada de espe­ci­al­mente bom. Mas há, claro, ópti­mos res­tau­ran­tes viet­na­mi­tas na cidade. Todos os guias de via­gens, e o Tri­pad­vi­sor, e etc, pare­cem estar de acordo que o Mr Vuong é o melhor, mas nunca lá ten­tei ir, demo­vida pelos avi­sos da grande popu­la­ri­dade e con­se­quen­tes enchen­tes.
O Chen Che sur­giu um pouco por acaso, mas foi uma boa aposta. A grande mais valia é o local — num pátio, com mesas à entrada e um óptimo jar­dim nas tra­sei­ras, e um sala inte­rior com uma atmos­fera muito con­vi­da­tiva. Comeu-se e bebeu-se muito bem, embora tivesse notado, tal­vez, um pouco de tama­rindo a mais na sopa. Mas vou muito pro­va­vel­mente, antes de ir embora, vol­tar ao Chen Che.
Chen Che: Rosentha­ler Str. 13, metro: Rosentha­ler Platz

Esta entrada foi publicada em Berlim com os tópicos , , , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/emviagem/2011/04/18/um-vietnamita-em-mitte/" title="Endereço para Um vietnamita em Mitte" rel="bookmark">endereço permamente.

2 comentários a Um vietnamita em Mitte

  1. Pingback: “O” vietnamita de Berlim | Em Viagem

  2. Pingback: Do karaoke no muro ao concerto no bar-loja-de-tatuagens | Em Viagem

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>