Eu sou uma jornalista

Eu sou uma jornalista”: foi isto que pensei logo ao segundo dia de estágio no PÚBLICO. É verdade. E agora posso assinar por baixo algo que uma pessoa me disse uma vez: “Os estágios no Público são os melhores do Mundo”. Desde que cá cheguei, há pouco mais de um mês, já escrevi mais notícias que em toda a minha vida.  Quando na faculdade me pediam para escrever uma notícia de um dia para o outro custava imenso e hoje escrevo dezenas num dia! É muito bom sentirmos que conseguimos superar os desafios e sentirmos que estamos a evoluir.

Lembro-me quando o meu editor me pediu para escrever uma notícia para o jornal sobre um tema que eu tinha estado a investigar. Entrei em pânico quando ele me pediu 3000 caracteres. Passado vinte minutos veio perto de mim e perguntou se podia ser com 4000 e duas caixas. Desespero total … a pensar como conseguiria “encher” tanto e com qualidade. Uma hora depois perguntou se me “aguentava com 5000 e tal caracteres e duas caixas”. Ía desmaiando…e disse-lhe “Eu sou só uma estagiária! Não achas que é muita responsabilidade?”, ao que ele respondeu “Aguentas-te ou não?” e eu prontamente disse “Claro que aguento!”. E aguentei! Nesse dia estive mais de 12h na redacção porque de manhã tinha estado no online. Mas, no dia seguinte lá estava o meu artigo a abrir a secção do jornal. Orgulho.

Isto para dizer que é bom quando não nos tratam como simples estagiários incompetentes. Quando nos lançam desafios e apostam em nós. Vermos o nosso nome escrito no jornal ou no site é muito mais do que motivo de orgulho, é sentido de responsabilidade. Estar a escrever para um jornal de referência não é fácil. Sentimos acima de tudo o “peso da camisola”.

Vão dando notícias que eu farei o mesmo.

Marlene Carriço

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>