As urnas já fecharam na Florida

As estações televisivas preparam-se para declarar o vencedor da primária da Florida, que além da vitória (e logo o momentum na corrida) arrecadará o prémio especial de 50 delegados à Convenção Republicana… talvez. A polémica decisão do comité republicano da Florida de contrariar as regras estabelecidas pelo partido, que para garantir uma eleição mais competitiva decidiu alterar as regras e atirar para Abril, depois da Super Tuesday, a aplicação do sistema “winner takes all”, custou-lhes 49 delegados — em vez dos 99 tradicionais representantes na Convenção Nacional, só estarão 50. No entanto, basta que um único eleitor republicano ponha em causa esta “inovação” local para que a coisa complique, e o partido tenha que decidir se atribui todos os delegados ao vencedor ou os distribui proporcionalmente aos votos em cada candidatura. Quando o jogo é de coleccionar delegados, pode valer a pena apelar. Newt Gingrich não teria nada a perder.

Rita Siza

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com os tópicos , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/eleicoeseua2012/2012/02/01/as-urnas-ja-fecharam-na-florida/" title="Endereço para As urnas já fecharam na Florida" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>