IRS

A declaração de impostos de Mitt Romney está disponível no site oficial da candidatura.

Mostra várias coisas que, apesar de legais, podem servir como arma de arremesso político contra o ex-governador do Massachusetts: as contas blindadas em off-shores, paraísos fiscais, bancos suíços (investigados por branqueamento de capitais); os lucros dos investimentos na Fannie Mae e Freddie Mac; as participações em empresas com negócios com o Irão e a China; a torneira aparentemente inesgotável da sociedade financeira Bain Capital; a dimensão do seu envolvimento com a Igreja de Jesus Cristo dos Últimos Santos…

Não há nada de errado e muito menos de ilegal na reduzida taxa de imposto que é aplicada a Mitt Romney. E haverá muita demagogia, irracionalidade e injustiça nas críticas e ataques que sem dúvida lhe serão desferidos por causa da sua fortuna. O candidato já começou a ensaiar a sua defesa, sublinhando que não tem de pedir desculpa pelo seu sucesso.

A divulgação da declaração de IRS resolveu poucos problemas a Romney. 1) Vai inevitavelmente tornar-se o foco da campanha nos próximos dias, quando o candidato precisa de desviar as atenções da sua pessoa e centrar a narrativa nas fragilidades de Gingrich. 2) Vai definitivamente confirmar a sua imagem de elitista para a grande maioria do eleitorado americano. 3) Não vai sossegar os espíritos que desde o início viram na sua recusa em abrir os livros razão para desconfiar da sua honestidade. Ao limitar a  divulgação apenas ao último ano — um ano em que Romney já estava a correr para Presidente —  o ex-governador não pôs um ponto final no assunto.

Rita Siza

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/eleicoeseua2012/2012/01/24/irs/" title="Endereço para IRS" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>