Um discurso de vitória apontado a Barack Obama

Se havia dúvidas sobre o que estava em jogo nas primárias do New Hampshire, Mitt Romney tentou dissipá-las para aproveitar ao máximo o momentum da segunda vitória consecutiva na corrida republicana. No seu discurso de vitória, há minutos, na sede de campanha em Manchester, o candidato só se referiu uma vez aos seus adversários e dedicou todo o seu discurso ao novato que há quatro anos atrás começava a polarizar as atenções do lado democrata: Barack Obama.
O discurso de Romney foi calibrado para recuperar em seu proveito a ideia de que é ele o candidato da esperança, como era Obama em 2008. Mitt é um orador consistente e no seu discurso tentou afastar da memória da sua gaffe na recta final de campanha, quando disse que despedir era uma coisa que ele gostava de fazer.
Assim, tratou Obama de “job killer” (assassino de empregos –o epíteto que Romney tem vindo a ouvir dos seus adversários republicanos) e fez um discurso essencialmente identitário –de acordo com as sondagens, Romney conseguiu uma forte votação entre os conservadores do New Hampshire, superando Santorum.
“Obama apenas diz podia ser pior, isso não é americano. Nós sabemos que pode ser melhor e vai ser melhor”, disse Romney. “O presidente ficou sem ideias, está a ficar sem desculpas.”
Acusou Obama de querer transformar a América num país europeu e de não ser um verdadeiro americano: “Obama quer mudar a América, nós queremos restaurá-la”.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria com os tópicos , , . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/eleicoeseua2012/2012/01/11/um-discurso-de-vitoria-apontado-a-barack-obama/" title="Endereço para Um discurso de vitória apontado a Barack Obama" rel="bookmark">endereço permamente.

Um comentário a Um discurso de vitória apontado a Barack Obama

  1. A America pagou para ver, apostou suas fichas de modo equivocado, e agora esta pagando a aposta que equivocadamente fizeram.
    Cabe ao povo americano agora tentar apostar de forma mais racional para não pagar outra vez pela aposta equivocada.

    Responder

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>