Ti ti kum kum

Finalmente cheguei a Dalat. Esta cidade bizarra, que mais parece tirada de um conto de fadas, passado nos Alpes franceses, é sem dúvida alguma uma pausa refrescante após todo o stress que vivi no último mês. Com padarias a transbordar de croissants, donuts, bolos absolutamente deliciosos, o único problema que vejo nesta cidade, é que […]