Magia em Sergiyev Posad‏

Muito resumidamente, o anel dourado é um conjunto de cidades históricas a nordeste de Moscovo, com virtudes tais que as levaram a ser classificadas de “Museus ao ar livre”. Os melhores exemplos da arquitetura russa entre os séculos XII e XVIII estão patentes no seu singular ADN. São as povoações mais pitorescas do país, nos […]






Imperdível Tretyakov‏

Já lá tinha passado, preferi deixar a visita para momento mais oportuno. E eis que chegou. A Galeria Estatal Tretyakov é um museu  dedicado à preservação e divulgação da arte nacional da Rússia. Não muito longe do Kremlin. Na verdade, uma “obrigação” para quem explora Moscovo, tal como o inigualável Hermitage em S. Petersburgo. Trata-se […]






Amor “metálico”

Há pontes a ameaçar ruir devido a promessas de amor. Não se trata de fogosidade extrema, nem de juras sem nexo: são os malditos cadeados com que os casais pensam selar indubitável amor eterno. Se zelassem mais pelo respeito mútuo e estímulo da relação, salvariam mais casamentos do que um milhão de promessas materializadas em […]






Os Jardins de Alexandre‏

O túmulo do soldado desconhecido, em eterna chama, dá-me surpreendentes boas-vindas aos jardins de Alexandre (o primeiro czar com esse nome), um dos locais mais belos para passear em Moscovo, em três blocos que ladeiam o imenso Krelim. Construído em 1819 – a caminho, por isso, dos dois séculos -, é um dos primeiros parques […]






“Infiltrado” no KGB

Rebobinando o curto filme, parece-me que nenhum daqueles rostos era “normal”. Não por alguma deficiência física ou anomalia estética. Apenas pelos olhares com a invulgar capacidade de aliar uma aparência de ausência a uma perscrutação total do meu corpo e alma em ínfimos segundos. A história começa com indicações que não são precisas. Cirando por […]






Praça Vermelha: curiosidades‏

Para que conste, o nome da Praça Vermelha nada tem a ver com o comunismo, nem com a cor dos tijolos em seu redor. Trata-se tão-só do nome dado à catedral de São Basílio. Um termo russo – красная (krasnaya) – que tanto pode significar “vermelho” como “bonito”. Mais tarde, foi transferido para a praça […]