Lento regresso às origens

São mais de 900 quilómetros a ligação de Shiraz a Teerão. E deparamo-nos com a derradeira oportunidade de viajar no meu meio de transporte favorito: o comboio. Um lento regressar às origens que permitirá relembrar, sem tempo, tudo o que temos vivido neste país que há muito conquistou lugar de destaque no nosso peito. A […]






Nasir al-Mulk, fé em tons arco-íris

Ao romper do dia, arte e fé unem-se numa experiência memorável. Na mesquita Nasir al-Mulk arco-íris nasce todos os dias. Em projeções progressivas, mutantes. Proporcionam momentos quase ‘sagrados’, até para os não crentes. Como eu. Quando se fala de arquitetura histórica, quantas vezes pensamos em cores vivas, vibrantes? Em efeitos de cor que trespassam um […]






Shapouri House: jantamos no Éden?

Diz o senso comum que dificilmente se come muito, muito bem em lugar de sonho. Que restaurante que deslumbra pelas vistas e charme, em interessante edifício histórico, raramente combina com o sublime prazer do palato. A menos que a carteira seja farta e disposta a investir numa experiência… Pois bem, Shapouri desafia essa ‘sabedoria’ popular. […]






Naqsh-i Rustam, realeza ‘importalizada’‏

São apenas uns cinco quilómetros até mudarmos de cenário, nem por isso menos impressionante em termos arqueológicos: estamos em local sagrado dos povos Elamitas, mais tarde convertido em local onde foram sepultados os reis aqueménidas, ‘Necropolis’. Há quatro grandes túmulos, cruciformes, esculpidos na rocha, pertencentes a reis aqueménidas. A altura considerável acima do solo, para […]






Persépolis, o ‘fantasma’ vive!

Gosto de viajar. E aprecio igualmente faze-lo dentro da própria jornada, indo a lugares que me fazem regressar a tempos idos. Aqueles que glorificaram um país ou civilização. E o Irão é lugar privilegiado para nos encontramos com culturas antigas. É, por isso, com o espírito da curiosidade nos pícaros que abandonamos Shiraz para nos […]






HAFEZ, o Imortal

Imortal o que é recitado de cor 700 anos após a sua morte. Eterno o que sete séculos depois de ‘existir’ ainda faz brotar lágrimas a jovens e adultos. Perpétuo o que suscita amor incondicional. O que dizer de quem desapareceu há uns 255.000 dias e ainda inspira literatura, música, artes plásticas…? Hafez (século XIV, […]






‘Eram’, o jardim iraniano que a UNESCO celebra

Um palácio de exuberante beleza. Natureza a condizer. Local tranquilo. Uma tela quase perfeita, não fosse o número de visitantes superar as minhas otimistas expectativas de momento mais intimista. E as ânsias de privacidade de alguns furtivos casais de namorados, em busca de um momento que permita mais do que um doce olhar nos olhos. […]