Plano B

O parque nacional Pudacuo é um ex-libris da região, mas os fortes ventos desaconselham o passeio. No hotel, insistem para não irmos. Revelam preocupação e estão determinados a prescindir da sua comissão nos impróprios 38 euros que custa passear neste lugar idílico. Há que engendrar em plano B. A solução é ver uma longa pradaria […]






“Horizontes Perdidos”

Ganden Songzaglin parece um grupo de antigos castelos. Esta maravilha arquitetónica segue o exemplo do palácio de Potala, em Lasa, e é o maior mosteiro budista tibetano na província do Yunnan. Começou a ser erigido em 1679 e foi completado em apenas dois anos. Parece um grupo de antigos castelos. É composto por dois conventos, […]






SHANGRI-LA, da apreensão ao encantamento

Confesso: quando percebo que “aquilo” já é Shangri-La, tremo. De terror. Julgo tratar-se de um engano. Pesadelo em forma de mal-entendido. Aqueles edifícios de fria monumentalidade, desprovidos de alma e sem pessoas nas ruas, faz-me temer o pior. O cinzento do céu apenas piora o negro cenário. De facto, a entrada de Shangri-La é a […]






SHANGRI-LA

Entusiasmante,  a desejada rota para Shangri-La. Seis a oito horas em bom caminho, embora de relevo acidentado.  Subiremos até aos 3.300 metros. Sempre em zona de montanha. O Yangtze – maior rio da china – corre turquesa e, lá no alto, as ‘snow mountains’ que tanto fascinam e orgulham este povo. A ruralidade vai subindo […]






SERENIDADE EM SHUHE

A arquitetura pouco difere da cidade velha de Lijiang, da qual dista apenas uns oito quilómetros. Shuhe tem mais espaço. É mais arejada e menos turística. O sol em céu azul e os 27° conferem o ambiente ideal de férias, ainda mais quando sei que chove em Portugal. Maria ainda anda às voltas com a […]






JANTAR EM FAMÍLIA

O primeiro jantar em família deu lugar a um segundo. Amiga da amiga da mãe da Jinyu Xie apanha-nos numa das saídas da cidade velha. Conduz quinze minutos e estamos em hotel luxuoso. Na verdade, acreditam que tem comida internacional, que melhor nos satisfaça. Ainda bem que se enganou. A família é da etnia Naxi. […]






LIJIANG

Património Mundial da UNESCO, nomeadamente a cidade velha. Foi palco de 800 anos da rota do chá e também integrou a igualmente mítica rota da seda. O terramoto de 1996 chamou a atenção do Mundo para este lugar de invulgar beleza. Recebeu ajuda internacional para recuperar a áurea que sempre teve, mas, agora, com muito […]