Abbasi, a Lenda Persa

Quando as portas se abrem, julgo entrar no paraíso. “Foste um bom menino toda a vida e, hoje, tens a tua recompensa”, imagino. Na verdade, esta voz não tem consistência na minha mente, mas bem poderia ser verdade. Este lugar é digno de recompensa para qualquer mortal com provas dadas de amor ao próximo. E ao anterior…

Este é o tipo de sentimentos que nunca um hotel me suscitou. Aqui, tudo é diferente. O Abbasi é um ícone mundial. Um caravançarai com 300 anos (novamente os Safavid…) e renovado a partir da década de 50 do século X por André Godard. Mais do que evitar a sua degradação, transformou este ícone da arquitetura persa num lugar incomparável. Digno e à altura daquele que se assume como o mais velho hotel do Mundo…

Em boa hora o rei sultão Hossein decidiu homenagear a sua mãe, a quem dedicou o projeto. “A escola e caravançarai de Madar-shat (mãe do rei)” foi o nome com que foi batizado.abba5

350 euros bastam para dormir na mais luxuosa suite, mas apenas pretendemos jantar. Efetivamente, só temos de escolher entre os nove restaurantes do complexo. E nem todos são proibitivos ou antípodas à capacidade das nossas carteiras. Acredito que, por terras lusas, o simples usufruir dos jardins persas do seu interior (ao ar livre) custaria mais euros do que o belo jantar com que nos presenteamos. Este Irão não pára de surpreender: não falta luxo ao preço de… classe média.

Obviamente, exploramos cada recanto do recinto, perfumado por coloridas flores. Os restaurantes de diferente decoração, os diversos halls, os cursos de água e jardins tratados como se da principal joia do país se tratasse. E não anda longe…

Os Safavid, sinónimo de prosperidade económica, investimento e desenvolvimento, apostaram em bazares, pontes, mesquitas, escolas, barragens, estalagens, condutas de água… Tudo com elegância extrema e, sempre, sempre a pensar na utilidade.

Foram oito anos de trabalho para reconverter o espaço. Que merece ser explorado como um museu: na verdade, poucos edifícios cumprem tão bem este papel. Não há um centímetro desprovido de arte, história. O grupo Bornfreee sente que cada sala, corredor ou recanto merece ser saboreado como esta noite: dengosa e calmamente…abba2

Rui Bar­bosa Batista relata no blo­gue Cor­rer Mundo a sua aven­tura pelo Irão. No site www.bornfreee.com pode ace­der a outros rela­tos e ima­gens sobre a viagem.

Esta entrada foi publicada em Ásia com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/corrermundo/2015/11/03/abbasi-a-lenda-persa/" title="Endereço para Abbasi, a Lenda Persa" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>