Até onde vais com 5 euros? Dia 10. Gerês e Douro. De norte a centro

Barragem da Paradela & Douro

Gerês

Depois de uma noite embalada pela melodia da cascata ao lado do quarto, acordámos como novos. São 8 da manhã, está na hora de acordar e conhecer mais um bocadinho do Gerês agora por caminhos pedestres. Pequeno-almoço reforçado e aí vamos nós para o meio da Serra.

Portela do Homem, fronteira com a Galiza. Estamos então a um passo de Espanha. Os 5€ decerto que também chegavam para ir ao país vizinho, mas por enquanto o objectivo é por Portugal.

Pelo caminho pedestre, perdemo-nos mais uma vez na paisagem pelo caminho da Via Romana, património nacional. Depois de uma hora a caminhar, temos de partir para mais uma aventura.

Passamos pela Barragem da Paradela em Montalegre e paramos para um café em Venda Nova, uma aldeia peque

No Salto, uma aldeia que cruzamos no nosso caminho, paramos numa estação de serviço onde o Tiago trabalha e gentilmente no forneceu 10€ de combustível, pagos do seu bolso. Mais uma alma caridosa, crente no nosso projecto. Aproveitamos para nos perder na paisagem que nos envolve.na, mas acolhedora, onde nos recebem da melhor maneira.

Atravessamos a zona do Douro e rendemo-nos aos encantos das pequenas aldeias por onde vamos passando: as vinhas, os socalcos, o rio… fantástico!

A próxima paragem é Gouveia, mais propriamente Vila Cortês da Serra, terra do André. Nem queríamos acreditar, estava preparada uma festa convívio para nós. Os residentes reuniram-se para nos receberem com um banquete e com um enorme carinho. Aproveitamos ainda para conhecer a actividade de uma empresa local, a Companhia das Abóboras, que nos ofereceu alguns produtos para podemos deixar uma pequena recordação pelos sítios onde passamos.

O ambiente é formidável mas está na hora de mais um adeus, temos de ir para Almeida, terra natal do Alexandre. Rendidos ao cansaço e completamente instalados, vamos dormir umas boas horinhas para recuperar.

Até já!

Barragem da Paradela & Douro

_______________________________________________________________________________
“Até onde vais com 5 euros?” É a per­gunta de um grupo de cinco estu­dan­tes entre os 19 e os 24 anos, da Escola Supe­rior de Ges­tão de Idanha-a-Nova, que andam à des­co­berta de Por­tu­gal numa car­ri­nha. Orça­mento: cinco euros cada um. Con­tam com a soli­da­ri­e­dade e estão pre­pa­ra­dos para tra­ba­lhar em troca. Pode saber mais sobre a aven­tura na Fugas, segui-los neste blo­gue ou no Face­book ofi­cial.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>