The Portuguese Wine Invasion | Eu quero vinho português!! – Dia 2 da invasão dos vinhos portugueses

Uma das melhores sensações do mundo é ver alguém ficar animado. Ver o brilhar dos olhos, a agitação das mãos, o coração a acelerar por toda a agitação que uma conversa pode gerar. A energia de uma criança é um bom exemplo deste tipo de excitação.

Mãe, já chegámos? Já chegámos?

Esta energia não é uma coisa qualquer. É um verdadeiro momento mágico ver pessoas a participarem nos nossos eventos, cheias de entusiasmo. É como se tivéssemos aberto a porta mágica do guarda-fatos e entrado numa terra mágica nunca antes visitada.

Falem-nos mais sobre os vinhos portugueses! De que local de Portugal vocês vêm? É fácil lá chegar? Posso levar a minha família? São todos simpáticos como vocês?

Com sorrisos rasgados, cada um de nós respondeu avidamente da mesma forma. Sim, somos geralmente muito gentis. Adoramos receber visitas. Sim, é bastante fácil chegar a Portugal, através de voos com destino a Lisboa e Porto. E sim, estão mais do que convidados para nos contactar e pedir algumas dicas para a vossa estadia. Estamos ao vosso serviço.

Para nós, esta é a parte fácil. O difícil chega quando nos apercebemos do desejo de trazerem um toque de Portugal até às respectivas cidades de origem, mas acabarem por se sentir impotentes e perdidos.

Bem, realmente não temos vinhos portugueses em Kansas City. Pensem nisto, na grande parte das redondezas estes vinhos simplesmente não existem. O que posso fazer?

É esta última questão que faz toda a diferença. É com esta questão que pensamos estar perante uma oportunidade gigantesca ou encolher os ombros e deixar esta oportunidade passar.

Optámos pela primeira hipótese. Preferimos incentivar as pessoas a contactar os seus revendedores e distribuidores a dizerem “Nós queremos mais vinho português!”. Incentivar as pessoas é ajuda-las a aperceberem que cada um de nós pode fazer a diferença. Que podem ser pró-activas e conseguir o que querem. Que a sua voz é importante e que, apesar de ser uma num mar de milhões, pode funcionar como o elemento que desponta a diferença. Se não arriscar, nunca saberá se ganha.

Falando claramente, não estamos à espera de mudar o mundo, mas se conseguirmos deixar uma pequenina marca nesta viagem, que ajude estas pessoas extremamente acolhedoras a sentirem que nós nos importamos com elas, tanto melhor! Se os fizermos acreditar que conseguem fazer a diferença e ter mais vinho português à mesa, tal seria fabuloso! E se tivermos muita sorte, em breve poderemos encontra-los à nossa porta, de malas feitas, dizendo “Ajude-me a explorar a sua região.” Isto sim seria um sonho!

Portuguese Wine Invasion na Cellar Rat, em Kansas City (Missouri)

Portuguese Wine Invasion na Cellar Rat, em Kansas City (Missouri)

Um enorme obrigado a todos os que em Kansas City nos acolheram de braços abertos e, especialmente, a Doug Frost, à Cellar Rat Wines, assim como à The American Kitchen por todo o apoio que nos deram. Realmente seria impossível termos concluído este capítulo da nossa viagem sem a vossa ajuda!

Próxima paragem: St. Louis!!

Esta entrada foi publicada em América do Norte, EUA com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/corrermundo/2013/06/03/the-portuguese-wine-invasion-eu-quero-vinho-portugues-dia-2-da-invasao-dos-vinhos-portugueses/" title="Endereço para The Portuguese Wine Invasion | Eu quero vinho português!! – Dia 2 da invasão dos vinhos portugueses" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>