Ohrid, duplo Património Mundial‏

Desperto sem dúvidas quanto ao destino. Ohrid é Património Mundial da UNESCO. Seria criminoso perder a cidade de eleição dos macedónios. Fica na margem do lago como mesmo nome e no verão quase duplica a população. São uns 100 mil em localidade encantadora no seu centro histórico.  Zoya acorda com vontade de ginásio e dá-me […]






A última ceia

Zoya marca mesa e leva-nos a um restaurante chique. Ela traja como uma rainha. Em pleno contraste comigo. Uma lástima, eu sei. Toru capricha, apesar da sua camisola ter borboto suficiente para aquecer toda a Sibéria durante longo inverno.  A nossa anfitriã rejeita uma sala para nos acomodarmos e vamos para outra, em ambiente mais […]






Pelas ruas de Skopje

Estava novamente por minha conta, como desejo. O sol alivia-me de roupa desnecessária e desço até ao coração da cidade. O bairro é de moradias antigas. Poucas de bom gosto. Decrépitas,  embora com árvores ou jardim. A natureza, embora desleixada, ajuda a compor a tela e dá-lhe, ate, um ar afável e familiar.  Com pequenos e […]






Skopje

Sair do aeroporto foi penoso. A “Anna” iria esperar ainda quatro horas para embarcar para Roma e eu estava ali, impotente. A expressão facial com que nos separamos dilacerava-me e nada podia fazer quanto a isso. O taxista pede os 20 euros da tabela para o centro de Skopje. O autocarro custa apenas 2,5 euros. […]






Céu & Inferno

Os últimos minutos do voo que me levava a Skopje são verdadeiramente deslumbrantes. Raramente vi paisagens assim nas imensas vezes que tive o privilégio de voar. Vales em dispersa paleta de verdes, montanhas abruptas com os cumes em neve, lagos de um azul viciante, rios bem delineados, pequenas povoações… Tudo a desfilar suavemente sob o […]






Winter Bergamo

Desperto com a chuva. Forte. Pena não ser gelada manhã de inverno e sem nada que fazer. Não parece, mas é primavera e quero saborear mais intensamente Bérgamo. Sem guarda-chuva, não é muito inteligente caminhar neste estado. Espraio-me  na cama, viro-me e fico a ouvir É hora de almoço quando, finalmente, o céu dá tréguas. […]