Mudar de vida ou… crise de luxo?

“60 a 70 mil euros”, responde o francês, com ar de quem ainda não teria pensado bem no assunto. “É o preço para este complexo. Seis bungalows e o espaço no qual vivemos”, acrescenta.

O terreno está alugado por mais oito anos. O Reggae House é um local mítico em Alona Beach. Mas o casal francês está com sede de viajar. Como não tem empregados, fecham o estabelecimento sempre que partem. E querem mudar de ares…

É nesta altura em que penso nos múltiplos amigos que pensam noutra vida. Partir.

Esboço contas simples: juntam-se três. 20.000 euros a cada um. Um lugar a cinco minutos a pé da praia. Snorkling e pesca à disposição. Turismo crescente. Pais barato. Boa gente. Verão todo o ano. Impostos residuais…

Com dois a bastar-se no trabalho, em caso de trio, cada um pode viajar quatro meses por ano. Rotativamente.

O cuidado jardim e ambiente tropical ajudam ao misticismo do lugar. O casal move-se sempre descalço. E roupas leves. Excelentes conversadores… boa música ambiente.

Hora de voltar à terra, decidir: lamentação eterna ou determinada acção? Este paraíso espera por novo dono.

___
Rui Barbosa Batista relata no blogue Correr Mundo a sua viagem pela Ásia ao longo de Novembro/Dezembro. No site www.bornfreee.com  pode aceder a outros rela­tos e ima­gens sobre a viagem.

 

Esta entrada foi publicada em Ásia com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/corrermundo/2012/12/06/mudar-de-vida-ou-crise-de-luxo/" title="Endereço para Mudar de vida ou… crise de luxo?" rel="bookmark">endereço permamente.

Deixar um comentário

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>