Parabéns Carlos, Ni hao Wei Wei

O sorriso aberto denuncia Wei Wei por entre o grupo de chineses no KFC, ponto de encontro definido por ela, no terminal de autocarros.

Está uma mulher. Em 2007, quando a conhecemos na fronteira entre a Tailândia e o Laos, era uma menina inocente. Em 2008, quando a revi, ligeiramente mais refinada. Agora, uma verdadeira mulher. Bela. Auto-confiante. De sobra. Quanta diferença.

Carlos vai finalmente relaxar um pouco em dia de 38º aniversário. Atravessamos interminável cidade. O táxi deixa-nos não muito longe da estação de comboios. À meia noite, seguimos para Guilin.

Wei Wei quer mostrar-nos os restaurantes favoritos. Começamos com noodles. Misturadas com legumes, peixe e vários tipos de carne. Algumas vísceras. Parcialmente duras.

Já satisfeitos, seguimos para um outro restaurante. Atacamos vários tipos de legumes. E carne. Chega.

Afinal, temos de ir provar sobremesas. Mudamos de estabelecimento. Experimentamos razoável diversidade de doçuras. Boas, mas sem encantar.

Já mal podendo respirar, seguimos para mercado nocturno. Insaciável, Wei Wei continua a mandar vir comida. Exótica. Nem toda a cair bem. Começamos a colocar um travão. Mercado nocturno regala-nos os olhos. Pena já não termos barriga.

Sempre simpática, prestável, a nossa amiga chinesa caminha connosco até à estação. Menos de meia hora. Milhares nas ruas. Música em todo o lado. Neons marcam a cidade.

Ainda paramos num parque a ver idosos e jovens de meia-idade a dançar. Delicia. Frequente na China.
Com bilhete especial, Wei Wei vai connosco até à entrada do imenso comboio. Agora, mais confortável com dois beijinhos e abraços de despedida. Ficou de pensar em visita a Portugal.

Dormiremos sete fantásticas horas ate Guilin. Aí evitaremos golpe da funcionaria do turismo local e em minutos já estaremos no transporte rumo à desejada Yangshuo.

___
Rui Barbosa Batista relata no blogue Correr Mundo a sua viagem pela Ásia ao longo de Novembro/Dezembro. No site www.bornfreee.com  pode aceder a outros rela­tos e ima­gens sobre a viagem.

Esta entrada foi publicada em Ásia com os tópicos . Guarde o href="http://blogues.publico.pt/corrermundo/2012/11/29/parabens-carlos-ni-hao-wei-wei/" title="Endereço para Parabéns Carlos, Ni hao Wei Wei" rel="bookmark">endereço permamente.

Um comentário a Parabéns Carlos, Ni hao Wei Wei

  1. Caro Rui Batista,

    Já tinha saudades das suas viagens. Cada viagem uma aventura muito bem relatada.
    Considere um dia escrever um livro com as suas aventuras, afinal tantos o fazem com bem menos para contar.

    Abraço.

    Responder

Responder a Ana Costa Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>