Um dia normal

Visto uma t-shirt lavada, visto as minhas calças de ganga que têm estado arrumadas no fundo do meu saco para a roupa e coloco o meu casaco de inverno mandado fazer à medida no Vietname.

Lá fora estão pouco mais de 16 graus o que me obriga a apertar o casaco. Entro num café com mesas de madeira, peço um café cheio e sorrio enquanto vejo as pessoas através das grandes janelas do café, a passear lá fora com os seus cães, com amigos, ou simplesmente a aproveitar os últimos momentos do fim de tarde.

Acredito que muitos estejam confusos e sem saber onde estou, mas finalmente cheguei à Austrália, mais concretamente em Melbourne. O choque cultural no Sudoeste Asiático deixou marcas no corpo e na alma. Por muitas vezes pensei em desistir e regressar a casa o mais rapidamente possível. No entanto chegado a esta cidade, não consegui deixar de me emocionar.

Passei por muito nos últimos 3 meses de viagem. Perdi uma namorada, ganhei amigos, fui assaltado, estive bastante doente, e consegui por fim chegar com um sorriso nos lábios a um país dito civilizado. Não há dúvida alguma que o sudoeste asiático é simplesmente fantástico. No entanto sei que não é para todos, e para quem faz de viajar uma forma de vida, em vez de se limitar a ir ver monumentos etc, isso pode ser muito cansativo.

Chegado à Austrália, sorrio quando todos se dirigem a mim em inglês. Sabe bem por fim poder ser compreendido sem esforço, e sabe ainda melhor perceber que grande maioria das pessoas aqui apenas querem ajudar. Existe um estilo de vida muito mais relaxado por cá. Existe a cultura dos cafés, dos parques, das grandes bibliotecas e das livrarias imensas. Sinto-me cansado mas cheio de vida. Sinto que isto sim, é o estilo de vida que procuro e isto para mim é sim viajar. Sabe bem parar por uns momentos e respirar o ar puro, ouvir as músicas de Natal que enchem o ar frio. Apesar de ser Verão, dizem que a Austrália tem 4 estações, e a verdade é que nem consigo contar o número de vezes que tirei e voltei a colocar o casaco apenas durante o dia de hoje.

Na próxima segunda feira a grande aventura começa. Irei fazer a tão conhecida “Great Ocean Road”. perto de 200km, desde Melbourne até Port Mouth. Novamente viajo com estranhos que conheci através do site do couchsurfing, que tenho usado para quase tudo durante as minhas viagens e que aconselho a qualquer pessoa a dar uma olhada. Portanto a partir de segunda serei eu, Omer (Israel, 25 anos), Cathy (Luxemburgo, 22 anos), e um amigo dela que também nos irá acompanhar.

Sinto-me por fim feliz por conseguir ter chegado aqui, e por enquanto aproveito a Austrália. No entanto talvez tenha surpresas no que toca ao resto da minha viagem. Por enquanto deixo tudo no ar.

Um comentário a Um dia normal

  1. Viva Filipe. Vê se agora, num país ocidentalizado e com mais condições, nos presenteias com os teus posts, com maior regularidade! E não te esqueças de nos mostrar mais vezes a galeria de fotos! Um abraço. JF @ Porto

    Responder

Responder a João Faria Cancelar resposta

O seu email nunca será publicado ou partilhado.Os campos obrigatórios estão assinalados *

Podes usar estas tags e atributos de HTML:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>