PÚBLICO

O blogue de 10 políticos em campanha

Comício Público

Um dever de transparência

O Livre pergunta e, quanto a mim, pergunta bem. Pretendem que o PS, e não só o PS, esclareça se está ou não disponível para, e cito, “um acordo prévio e público” sobre o próximo governo. Porque o ponto é esse. Se António Costa já apalavrou algum tipo de acordo com comunistas ou bloquistas com vista a viabilizar um futuro governo, não tem de ser transparente com os eleitores? Dizer ao que vem de modo “prévio e público”, como propõe o Livre? Um eleitor do PS não tem de conhecer os planos governativos que estão no espírito de Costa? Não lhe é por certo indiferente se vão governar ao centro ou em aliança com a extrema-esquerda? Seriam dois programas de país, absolutamente incompatíveis. Que PS se propõe governar? Vão responder a esse dever básico de transparência eleitoral?

Comentários

2 comentários a “Um dever de transparência”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *