PÚBLICO

O blogue de 10 políticos em campanha

Comício Público

Entretanto, no Barlavento

Na sexta-feira percorremos Vila do Bispo, Sagres e Aljezur. Estes dois concelhos, Aljezur e Vila do Bispo, são dos menos populosos do Algarve. Não vão muito além, cada um, dos 5000 habitantes. E costumam ter voto cativo à esquerda, que se transmite de geração em geração e representa a memória de um tempo.

Mas os votos no PSD e no CDS de há 4 anos foram bem empregues. Em Vila do Bispo fomos ao novo posto da GNR, em excelentes condições. Em Alzejur visitámos o centro de cuidados continuados, obra inaugurada em 2014. E em Sagres, tivemos contactos com pequenas empresas do turismo, além da ida à Fortaleza recentemente renovada. Temos feito uma campanha de exemplos, com o objetivo de dar visibilidade às pessoas e aos projectos. Um país que não faz capas de jornais, mas existe, deve ser mostrado e, sobretudo, não pode ser negado. Ninguém quer hoje que as campanhas se limitem a um coro de irrisão e ataques. Por exemplo, se o Algarve tem a melhor rede de cuidados de saúde continuados, não havemos de falar disso? Se investimos 3,5 milhões na fortaleza de Sagres, não havemos de falar disso?

De qualquer maneira, Sagres é um caso. Alguns autarcas exemplificam com o número de turistas ( muitos deles brasileiros) que vêm a Sagres, com entusiasmo, para saberem mais sobre o Infante D. Henrique. Sagres pode ser muito mais se formos capazes de juntar todos estes pontos desencontrados: a economia, a história, o turismo, o património do mar. Dêem-nos força para isso.

Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *